Renting cresce 18% em 2010

rentingO renting português terminou 2010 com uma assinalável subida nos seus resultados, apesar da crise financeira vivida no último ano. Mais de 35 mil viaturas foram adquiridas através deste produto, garante a Associação de Leasing e Factoring.

De acordo com os dados reunidos no final de Dezembro pela associação, este sector apresentou um crescimento de 18,3% quando comparado com 2009.

A evolução registada deveu-se ao aumento do número de novas viaturas ligeiras de passageiros e comerciais abrangidas em sistema de Renting – de 29.617 viaturas, em 2009, para 35.471, no ano passado – o que se traduziu num valor total de novos contratos de Renting de 688 milhões de euros.

“Quando começou esta crise financeira, o sector do Renting viu estabilizar os resultados que vinham a evoluir de ano para ano”, explica José Beja Amaro, presidente da associação. “As expectativas para 2010 eram contidas, porque todos aguardávamos a evolução da situação económica do país, mas estes resultados superaram as expectativas e demonstram que o sector do renting amadureceu e soube dar respostas às exigências dos seus clientes, evoluindo no produto e adaptando a oferta”.

As Associadas que a ALF representa foram responsáveis pela aquisição de 96.319 viaturas novas em 2010, das quais 60.848 foram obtidas em sistema de Leasing e 35.471 em Renting.

(Visited 17 times, 1 visits today)

Deixe o seu comentário