Grupo VEI: preparação de Viaturas Especiais (com galeria de imagens no final)

vei

Necessita de uma viatura para uma tarefa específica e acha que a transformação é difícil de concretizar? O mais provável é que o grupo VEI já tenha feito ou ensaiado algo do género. Se isso não tiver sucedido, não se preocupe; o que esta empresa mais aprecia são novos desafios

Viaturas frigoríficas de diversas tipologias para transporte de alimentos, medicamentos ou vacinas, escritórios e esquadras móveis, centros de rastreio médico e de medicina no trabalho, e até veículos especiais de assistência técnica, miniautocarros de transporte de passageiros ou carros adaptados para o transporte de deficientes motores, são apenas algumas das soluções desenvolvidas no âmbito de atividade do conjunto de 4 empresas que compõem o grupo VEI e que são, simultaneamente, fornecedores e prestadores de serviços especializados entre si.

Ou seja, quatro empresas independentes com competências diferentes, que se complementam entre si com o objetivo de fornecer uma solução completa aos seus clientes.
A VEI Portugal é especializada em sistemas de climatização para camiões e máquinas industriais, do ar condicionado ao aquecimento autónomo utilizado em camiões de longo curso, quando imobilizados para descanso dos motoristas. Desenvolve ainda sistemas de lubrificação automática para camiões e máquinas industriais, bem como tecnologia de auto-pesagem eletrónica para veículos pesados e máquinas industriais

Já a EcoVEI, criada em 2003, tem como especialidade a instalação de equipamento de climatização e refrigeração em viaturas especiais, como miniautocarros, consultórios médicos móveis, ambulâncias, carros fúnebres e todo o tipo de veículos adaptados a necessidades particulares de negócio, com características tão pouco convencionais que algumas soluções de climatização, porque inéditas, têm de ser concebidas e desenvolvidas internamente.

veiEsta mesma entidade é a fornecedora de uma terceira estrutura, a PlasVEI, responsável pela execução das carroçarias especiais e caixas térmicas de transporte climatizado, instaladas ou construídas em modelos comerciais, alguns dos quais na configuração chassis-cabine.

“Para lhe dar algumas referências”, explica Vitor Lopes, responsável e co-fundador do grupo VEI, “uma grande percentagem dos medicamentos transportados em Portugal circulam em veículos preparados por nós: Cooprofar, Logifarma, Botelho & Rodrigues, Alliance Healthcare, por exemplo”.

“As vacinas distribuídas em Portugal também são, quase em exclusivo, distribuídas por viaturas transformadas nas nossas instalações”, prossegue. “É um processo bastante mais complexo e delicado, porque requer uma estabilidade de temperatura rigorosamente mais exigente. A climatização das caixas de carga destas viaturas é bastante sofisticada, com requisitos quase ímpares no mercado, que obrigam não apenas a sistemas de climatização avançados, como a controlos de temperatura muito precisos: um dígito de variação na temperatura de transporte de uma vacina pode significar a perda total da mercadoria e um prejuízo avultado, pelo que estes carros têm de ser monitorizados segundo a segundo e construídos com grande rigor técnico, para manter a temperatura estável, independentemente das adversidades da exposição à radiação solar e humidade exterior a que está sujeito, entre várias outras condicionantes”.

“Fomos pioneiros em Portugal em sistemas frigoríficos invisíveis, porque o equipamento de refrigeração está integrado no próprio veículo”

Em 2008, surge a VTE, dedicada à transformação de viaturas especiais. E por especiais entenda-se, entre outras, as Unidades Móveis de Saúde, veículos adaptados ao transporte de passageiros com mobilidade reduzida, oficinais móveis de assistência rápida, esquadras móveis, miniautocarros, ambulâncias e até viaturas militares com exigências tão especiais e dotadas de complexos sistemas eletrónicos que, por isso, são alvo de um tratamento individualizado e sigiloso.

“Estivemos e continuamos prontos para responder a qualquer desafio que nos seja colocado. Dispomos de uma equipa técnica multi-disciplinar e experiente, formada dentro e fora do País. Procuramos e investimos constantemente em novos conceitos de produção de negócios sobre rodas (como os apelidamos), que possamos aplicar ou desenvolver para surpreender as mais exigentes expetativas dos nossos clientes”, assegura Vítor Lopes.

vei-022

Privilegiar o B2B por uma questão de coerência

“A Ford Lusitana chegou até nós com uma viatura de passageiros de 9 lugares que, originalmente, pagava cerca de 9.000 euros de ISV. Um projeto que desenvolvemos permitiu uma classificação tributária diferente que lhe permitiu pagar apenas 15% do montante total de ISV, resultando num posicionamento comercial mais competitivo”

O responsável do grupo explica que a fatia principal do negócio do grupo é proporcionar soluções completas aos representantes oficiais das marcas automóveis e/ou concessionários das mesmas.

Tendo começado por instalar sistemas de ar condicionado em viaturas comerciais da Mercedes-Benz, com equipas móveis que se deslocavam ao local onde a viatura se encontrava, a empresa foi evoluindo quer no leque de clientes como no que respeita a gama de serviços prestados.

Atualmente, a par das viaturas comerciais transformadas para tarefas específicas de distribuição, de assistência na área da saúde, de assistência rápida em estrada (tendo como clientes concessionárias de autoestradas) ou nos aeroportos, no grupo VEI são também ensaiadas e testadas soluções que posteriormente vão servir de base para a elaboração de novos projetos, que são depois submetidos a contratação pública.

O responsável do grupo faz questão de frisar que desenvolvem produtos acabados, sem dependência de terceiros. Para Vítor Lopes esta é uma condição essencial para otimizar processos e produtos, assumindo-se também como um estímulo à inovação e à procura mais eficaz de novas soluções, mais adequadas a cada necessidade específica.

“Cada caso é um caso. O cliente pode trazer-nos a viatura com um pedido de transformação, ou solicitar uma solução chave-na-mão. As nossas valências cobrem todas as necessidades neste capítulo, desde a mecânica, carpintaria, chapa, pintura e até a própria decoração exterior. Disponibilizamo-nos também para dar nova vida a viaturas especiais, como estamos a fazer atualmente, por exemplo, produzindo esquadras móveis, instaladas em veículos Toyota que anteriormente eram utilizadas como reboques”.

vei-019

Alguns exemplos de transformações para empresas

“Somos aprovados e reconhecidos pela SIVA, para produção de uma gama completa de viaturas frigoríficas, desde a Caddy à Crafter. Significa isto que, todas as garantias e integridade originais do veículo ficam salvaguardadas”

Trabalham diariamente com as marcas automóveis mais representativas em Portugal – como a Mercedes-Benz, Volkswagen, Peugeot, Citroën, Fiat, Toyota, Ford, Renault, etc.. – representam também algumas soluções finais preparadas para transporte de passageiros com mobilidade reduzida, constroem atrelados especiais e desenvolvem projetos de negócios móveis, nomeadamente no âmbito do comércio móvel.

“No caso das viaturas adaptadas a passageiros com mobilidade especial, para o cliente é vantajoso adquirir a solução final diretamente junto da concessionária, mesmo quando somos nós a realizar o trabalho de adaptação. É que, consoante o grau de invalidez, o benefício é englobado no preço final da viatura já adaptada”.

A questão das garantias é outra vantagem para o cliente, apesar do trabalho das empresas do grupo VEI ser certificado pelas principais marcas, no que concerne às transformações efetuadas.

Um exemplo curioso são os sistemas de refrigeração “invisíveis” instalados em pequenos furgões de mercadorias, enquanto outras foram idealizadas para responder a exigências muito particulares do nosso País, como alterações que permitem uma nova classificação fiscal mais favorável ou o desenvolvimento da genial solução aplicada a uma versão comercial da Volkswagen Caddy, para lhe garantir 3 verdadeiros lugares.

Com gabinete próprio de projeto, o Grupo VEI orgulha-se de poder desenhar, projetar e legalizar todos os projetos de transformação internamente. Os cerca de 40 colaboradores, distribuídos pelas quatro empresas contribuíram para o registo de seis milhões de euros em volume de negócios em 2015, dos quais 15% provêm de negócios com o mercado externo. Para Vítor Lopes o futuro é claro. “Temos planos modestos, mas ao mesmo tempo ambiciosos. Modestos porque não pretendemos afastarmos-nos das nossas atuais especialidades, ambiciosos porque nestas especialidades queremos manter ou conquistar a liderança no mercado Nacional”.

 

CAIXA DE CONTACTOS

Nome: Vítor Lopes

Cargo: Diretor Executivo

Telefone: 219 959 263

Email: info@grupovei.pt

Internet:

www.vte.pt

www.grupovei.pt

www.grupovei.wix.com/fiatmobility

www.grupovei.wix.com/comerciomovel

www.grupovei.wix.com/grupovei

www.grupovei.wix.com/clubevei

www.grupovei.wix.com/fordmobility

www.grupovei.wix.com/viaturasespeciais

www.grupovei.wix.com/plasvei-fibras

www.grupovei.wix.com/opel-partner

www.terbus.com

www.veiculosacessiveis.com

 

(Visited 906 times, 1 visits today)