Abril 2017: venda de comerciais na União Europeia

O registo de veículos comerciais da União Europeia caiu 7,2% em abril de 2017, totalizando 181.434 unidades.

A procura diminuiu em todos os segmentos, com o Reino Unido (-14,9%) e a Alemanha (-11,8%) a registarem as maiores quedas.

Também Espanha (-1,0%) e França (-0,4%) reduziram as vendas em comparação com o mesmo mês de 2016.

Nos primeiros quatro meses de 2017, o mercado está a crescer 3,8% e soma já 788.181 novos veículos comerciais novos.

Neste período, Espanha (+ 14,5%) e Itália (+ 8,2%) registaram as maiores aumentos, seguido pela França (+ 6,7%) e Alemanha (+ 2,0%), enquanto o Reino Unido diminuiu ligeiramente (-3,1%).

Na classe dos veículos comerciais ligeiros novos (LCV), em abril 2017, o número de novos registos foi de 148.185 unidades, ou seja, menos 7% do que no mesmo mês do ano passado.

Mais uma vez, Reino Unido (-18,8%), Alemanha (-10,2%) e Itália (-7,9%) reduziram significativamente os novos registos, enquanto o Espanha (+ 1,1%) e França (+ 0,5%) obtiveram um crescimento modesto.

De janeiro a abril de 2017, 653.025 novos comerciais ligeiros foram matriculados na UE, mais 4,3% em relação ao mesmo período de 2016 (626.358 unidades).

O Reino Unido (-4,9%) é o único grande mercado a reduzir a procura, enquanto Espanha (+ 17,3%), França (+ 7,6%), Itália (+ 4,8%) e Alemanha (+ 3,6%)estão a crescer.

Em abril de 2017, Portugal registou um forte impulso na procura de comerciais (20,4%), com o mercado desde o início do ano mostrar uma subida de 10,6%.

Pode consultar AQUI esses números, bem como uma análise ao comportamento das marcas automóveis em Portugal.

Pode ainda descarregar AQUI as listas europeias das vendas de veículos comerciais.