Maio 2017: venda de carros novos mantém aceleração. Eis os valores

O mês de Maio conheceu nova subida do mercado de carros novos, mais 13,7% face ao mesmo mês de 2016, fixando-se nas 26.770 unidades.

Depois do recorde de março (quase 30 mil novas matriculas), foi o segundo mês mais forte das vendas automóveis em Portugal.

Alguns factores ajudam a explicar este crescimento do mercado, que deverá manter-se positivo até meados deste ano.

Recorde-se que em abril já tinha subido 18,2% em relação ao mês homologo do ano anterior, matriculando 21.955 unidades, 14,2% das quais comerciais ligeiros.

A relevância dos modelos comerciais para o crescimento do mercado voltou a repetir-se em maio, com este segmento a trepar 15,5% nesse mês, com 3.118  unidades. Representou quase 13,2% das vendas do mês.

Os valores acumulados nos primeiros cinco meses do ano mostram que foram matriculadas 117.259 viaturas ligeiras, correspondendo a um crescimento de 8% face a idêntico período de 2016.

Por categorias, 102.351 são versões de passageiros (+7,4%) e 14.908 são unidades comerciais ligeiras (+11,6%).

Por marcas, estes são os factos que merecem destaque:

  • No total anual das contas de viaturas ligeiras, a novidade na lista das 5 marcas mais vendidas é o facto de a Fiat ter ascendido ao 5.º lugar, por troca com a Citroen.
  • Uma subida de posição que foi possível porque, tanto nos ligeiros de passageiros como nos comerciais, a marca italiana foi a 4.ª marca com melhor performance em maio
  • Destas 5 apenas a Volkswagen continua a mostrar variações negativas no mês e nos totais do ano. Acentua-se a quebra de quota de mercado
  • Realce para as constantes subidas da Renault – 32,3% em maio, 49% em abril… – sempre com mais 1000 unidades de ligeiros de passageiros
  • Entre as 20 marcas mais vendidas, a maior subida percentual do mês coube à Toyota: mais 79,6%. Este crescimento torna positiva a variação anual, contribuindo para a marca japonesa recuperar quota de mercado
  • Também no Top20, mas no acumulado de 2017, tanto nos ligeiros de passageiros (39,5%) como no total de modelos ligeiros, a Hyundai continua a ser a marca que regista uma variação percentual positiva mais forte: 50,2%. Percentualmente há uma subida bastante expressiva nos comerciais ligeiros, como resultado da aposta do novo importador da marca coreana
  • Destaque também para a subida da Nissan após a chegada do Micra: mais 37,5% em maio e 5,26% desde o início do ano

Pode descarregar AQUI as tabelas de matrículas de maio de 2017 disponibilizadas pela ACAP.

(Visited 324 times, 1 visits today)