DriveNow: car-sharing também para empresas

A partir de 12 de Setembro Lisboa recebe um novo serviço de car-sharing.

O DriveNow, em parceria com a Brisa, chega a Portugal e promete vir a ter um serviço com funcionalidades só para empresas.

A garantia foi dada por João Oliveira, diretor da empresa, que revelou que vai estar disponível em outubro, com tarifas especiais e com agregação de vários utilizadores numa única conta.

Perante as viaturas envolvidas, a promessa de uma frota renovada todos os anos, o serviço de e até ao aeroporto e ainda os benefícios fiscais em vigor para as empresas que recorram ao sistema car-sharing, o DriveNow tem, de facto, condições para satisfazer as necessidades de mobilidade dos profissionais.

O DriveNow foi criado em 2011 na Alemanha e resulta de uma joint venture entre o grupo BMW e a Sixt.

Em Portugal, vai cobrir, nesta fase inicial, algumas áreas de Lisboa com modelos do fabricante alemão: Mini (3 ou 5 portas e Clubman), BMW série 1 e BMW i3.

No total são 211 veículos, dos quais 11 são elétricos (i3).

Vai funcionar como um normal sistema de car-sharing, incluindo no serviço a utilização da viatura, o combustível ou a energia elétrica (no interior do i3 há um cartão para o carregamento), o estacionamento em áreas da responsabilidade da EMEL e seguro contra terceiros.

Por mais um euro adicional, o cliente pode contratar seguro contra todos os riscos.

Os preços vão variar consoante a viatura: 29 cêntimos minuto para o Mini, 31 cêntimos/minuto para o série 1 e 34 cêntimos/minuto para o BMW i3.

Mas até 12 de outubro, os clientes registados na página www.drive-now.pt podem beneficiar de uma tarifa promocional de 29 cêntimos/minuto para todos os modelos.

A utilização do serviço e o acesso à viatura é feito através de uma aplicação para smartphone, disponível para Android e sistemas iOS da Apple.

Os clientes Via Verde beneficiam de uma solução integrada para o registo e o pagamento da DriveNow.

No processo de inscrição é necessário cartão do cidadão, carta de condução e cartão de crédito.

A campanha de pré-lançamento permite o registo gratuito (após essa data custa 10 euros convertíveis em serviço) e a oferta de 20 minutos de utilização a um custo de 29 cêntimos por minuto

A área de operação em Lisboa cobre 48 quilómetros quadrados, assegurando serviço nas suas zonas mais movimentadas e mais procuradas.

Futuramente o DriveNow vai possibilitar a utilização do serviço para e do aeroporto, assim que estiverem concluídas as negociações com a ANA relativamente à zona de estacionamento dos veículos.

Eis alguns dados importantes:

  • Início de Operação: 12 de Setembro de 2017
  • Frota: 211 viaturas de diversos modelos BMW e MINI: BMW i3 BEV, BMW 116 (caixa automática e manual) MINI 3-door, MINI 5-door, MINI Clubman
  • Inscrição: 10 Euros, inclui 30 minutos gratuitos de condução. Até 12 de Setembro, a inscrição é gratuita e inclui a oferta de 20 minutos de condução.
  • Tarifa de condução: No período de promoção, até dia 12 de Outubro, 29 cent./min, para
    qualquer veículo. Custos de combustível, estacionamento e seguro incluídos. Depois do período de promoção, 29 cent./min., 31 cent./min. e 34 cent./min, em função do modelo.
  • Combustível, seguro e estacionamento incluídos (máximo de 200 km gratuitos, km adicional 0.30 cent).
  • Tarifa de reserva: Primeiros 15 minutos gratuitos (2 reservas incluídas).
  • Extensão até 8 horas, 10 cent/min.
  • Tarifa de park&keep: 15 cent/min (Paragem sem encerrar a viagem). Gratuito de Segunda à Sexta, das 01:00 às 07:00.
  • Tarifa de aeroporto: Viajar de e para ao aeroporto 5€ (tarifa fixa), Este serviço estará disponível oportunamente.
  • Opções de pagamento: Cartão Visa, MasterCard, American Express e Diners Club
    (cartões de débito com CVC).
  • Clientes Via Verde: Os clientes Via Verde têm uma solução integrada para o registo e o
    pagamento DriveNow