Nissan Leaf com 380 km de autonomia e 80% de bateria em 40 minutos

A segunda geração da Nissan LEAF traz mais autonomia, mais serviços de conetividade e possui um traço exterior mais consensual.

Oferece ainda mais espaço para os ocupantes e tem mais capacidade de mala, além de ter melhorado a ergonomia e a qualidade dos materiais do habitáculo.

A autonomia reforçada – até 380 quilómetros de acordo com o ciclo NEDC – provêm da maior eficiência da mecânica elétrica e de baterias com mais capacidade: 40 kwh.

Uma versão especial de lançamento denominada Leaf 2.Zero já está disponível para encomenda e custa 34.950 euros.

As primeiras unidades vão ser entregues no início de 2018.

Esta versão inclui sistema ProPILOT, carregamento rápido e semi-rápido, e-Pedal, sistema NissanConnect EV com Apple Carplay/Android Auto e telemetria, Câmara Inteligente 360º com deteção de pessoas e objetos em movimento, jantes de liga leve 17”, faróis de nevoeiro e vidros escurecidos.

Detalhes do novo Nissan Leaf

Face à primeira geração nascida em 2010 (atualizada em 2013 e 2016), o Leaf de 2018 é ligeiramente mais comprido (4,48 vs 4,45 metros), mais largo (1,79 vs 1,77 metros) e mais baixo (1,54 vs 1,55 metros).

A bagageira tem agora 435 litros em vez dos 370 litros da primeira geração.

A bateria continua localizada entre eixos, o que prefigura uma posição de condução ligeiramente mais elevada. Com células de ião de lítio, tem sensivelmente o mesmo tamanho da anterior, que era de 30 KWH.

Pode ser carregada numa tomada doméstica em cerca de 8 horas (6 kW), podendo ser efetuada uma “carga rápida” de 80% em cerca de 40 minutos.

A tomada de energia mantém-se situada à frente.

O motor passou a ter 150 cv em vez de 109 cv, com 320 Nm de binário, estando prometida mais potência e mais autonomia no final de 2018.

Para melhorar a capacidade de regeneração de energia, o Nissan Leaf introduziu o e-Pedal.

A aceleração e a desaceleração passam a ser mais doseadas pela pressão exercida sobre o pedal do acelerador, levando a uma imobilização mais rápida se o deixarmos de pressionar.

Algo semelhante ao que acontece nos elétricos da BMW.

Ficam também facilitados os processos de partilha de energia entre o veículo e a rede elétrica.

Novidade são ainda duas tecnologias que antecipam a condução autónoma: o ProPILOT e o ProPILOT Park.

A primeira controla automaticamente a distância em relação ao veículo da frente e mantém o veículo centrado na estrada. Em situações de trafego congestionado, o sistema permite abrandar de forma autónoma e até parar se for necessário, voltando a acelerar quando o veículo se afastar.

Já o ProPILOT Park destina-se a estacionar o carro autonomamente.

Principais características do Nissan Leaf 2018

Exterior
Comprimento total (mm) 4480
Largura total (mm) 1790
Altura total (mm) 1540
Distância entre eixos (mm) 2700
Largura da via dianteira/traseira (mm) 1530-1540/1545-1555
Distância mínima ao solo (mm) 150
Coeficiente de resistência aerodinâmica (Cx) 0,28
Pneus 205/55R16 ou 215/50R17
Volume da mala – VDA (l) 435
Peso/capacidade (kg)
Peso em vazio 1490-1520
Capacidade 5 passageiros
Peso máximo autorizado 1765-1795
Bateria
Tipo Bateria de iões de lítio
Capacidade 40 kWh
Motor elétrico
Nome EM57
Rendimento máximo 110kW (150cv)
Binário máximo 320Nm (32,6kgf・m)
Desempenho
Autonomia 378km NEDC *
Tempo de carregamento

(carregamento normal e semi-rápido)

16 horas a 3kW (alimentação residencial)
8 horas a 6kW5,5 h com novo carregador de 7kW
Tempo de carregamento rápido (de zero a 80%) 40 minutos a 50kW