Kia Stonic: diesel custa 23.100 euros ou 19.200 euros em campanha

O Kia Stonic é um SUV compacto que vem concorrer num segmento até agora dominado pelo Renault Captur.

Face ao carro francês, o Stonic adopta uma postura mais discreta enquanto SUV, reforçando, em contrapartida, uma vertente mais desportiva.

É mais longo, mais baixo e mais estreito do que o Captur, o que, a par de uma distância entre-eixos mais curta, penaliza a habitabilidade do carro coreano.

Em contrapartida tem uma maior distância ao solo, mas tal facto não lhe prejudica o comportamento em relação ao Captur.

Dentro da marca, o Stonic é maior do que o Rio, tem o mesmo comprimento do Soul e é mais pequeno do que o Niro e o Ceed.

Em Portugal vai dispor de oito versões, repartidas por três motorizações e quatro níveis de equipamento, com preços entre 13.400 e 23.000 euros.

Esta é a relação completa de preços do Kia Stonic para Portugal

Uma das grandes capacidades comerciais do Stonic é a sua capacidade de personalização, desde os tons de carroçaria, escolha de interiores e de equipamento.

Esta característica camaleónica permite-lhe adaptar-se facilmente aos gostos de diferentes tipos de consumidor e imiscuir-se em segmentos superiores aquele ao qual pertence.

Além de uma versão diesel 1.6 CRDi com 110 cv, o Stonic traz duas unidades a gasolina com 84 (1.2) e 120 cv (1.0 com turbo).

O Stonic tem um pisar sólido e seguro em estrada, além de ágil.

Para tal facto contribui a afinação da direção e da suspensão, bem como uma carroçaria rígida e leve que ajuda a beneficiar também os consumos.

A estrutura compacta e a capacidade de manobra facilitam a condução, mas retiram algum espaço a bordo.

Mesmo assim garante as necessidades típicas do consumidor deste tipo de carros e a bagageira, com 332 litros, é apenas um pouco maior do que a do Kia Rio.

O tablier segue a mesma linha racional – e funcional – de distribuição dos comandos, não gerando distracções durante a condução.

Fora do ecrã digital de 7 polegadas ficam algumas funções úteis como o sistema de climatização.

Em matéria de equipamento é possível contar com:

  • Ecrã tátil de 7,0 polegadas preparado de série para o Apple CarPlay™ (iPhone 5 ou mais recente) e o Android Auto™ (Android 5.0 Lollipop ou mais recente);
  • Sistema de navegação por satélite fornecido com os Kia Connected Services, desenvolvidos pela TomTom®. Este pacote de conectividade inclui atualizações de trânsito em tempo real, localizações e alertas de radares de velocidade*, pesquisa de pontos de interesse e informações sobre o estado do tempo. Os Kia Connected Services estão disponíveis gratuitamente durante os sete anos seguintes à aquisição do veículo;
  • Sistema áudio com seis altifalantes;
  • Cruise control automático;
  • Espelho retrovisor antibrilho eléctrico;
  • Smart key com botão de ligar/desligar o motor;
  • Câmara de auxílio ao estacionamento;
  • Ar condicionado totalmente automático;
  • Limpa para-brisas com sensor de chuva;
  • Iluminação automática com Assistente de Máximos;
  • Seis airbags (condutor, passageiro, laterais e de cortina);

Os sistemas avançados de assistência ao condutor (ADAS) disponíveis são as seguintes:

  • Assistência à Prevenção de Colisão Frontal (FCA)** com reconhecimento de peões;
  • Sistema de Deteção do Ângulo Morto (BCW) com Alerta de Perigo de Colisão à Retaguarda (RCCW);
  • Sistema de Aviso de Saída da Faixa de Rodagem (LDW);
  • Sistema de Assistência à Manutenção na Faixa de Rodagem (LKA), disponível a partir de meados de 2018;
  • Aviso de Atenção do Condutor (DAW), que alerta o condutor quando este dá mostras de falta de atenção ou sonolência;
  • VSM e ESC de série, que garantem estabilidade em travagem e em curva sempre que é detetada uma perda de tração (ver mais adiante);

Motores e capacidades

O motor mais eficiente da gama Stonic é o 1,6 litros diesel.

Reivindica 110 cv, 260 Nm de binário, emissões de 109 g/km e consumo oficial combinado de 4,2 l/100 km (combinado, NEDC).

O 1.0 T-GDI (turbo com injeção direta de gasolina) é um motor de três cilindros turbo, de construção leve, com uma potência máxima de 120 cv às 6000 rpm e um binário de 172 Nm entre as 1500 e as 4000 rpm.

A partir de meados de 2018 estará também disponível uma versão de 100 cv.

O Kia Stonic com 120 cv é capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em 10,3 segundos e tem um consumo de 5,0 l/100 km.

As emissões de CO2 são de 115 g/km (combinado, NEDC).

Está também disponível desde o lançamento um outro motor a gasolina, aspirado e com injeção multiponto (MPI).

Com 1,25 litros, 84 cv e 122 Nm de binário, emite 118 g/km de CO2 (combinado, NEDC).

Todos os motores estão acoplados a uma caixa de velocidades manual de seis relações, excepto o motor MPI de 1,25 litros, dotado de 5 velocidades.

A Kia vai disponibilizar uma caixa de sete velocidades de dupla embraiagem, com previsão de lançamento em 2018 para versões com o motor 1,0 litros T-GDI.

Ágil e muito estável

O Stonic está equipado de série com Controlo Eletrónico da Estabilidade (ESC) e Gestão da Estabilidade do Veículo (VSM).

Um conjunto adicional de ajudas eletrónicas contribui para tornar o veículo mais agradável e para reforçar a confiança do condutor em todos os tipos de estrada e de situações.

Este conjunto inclui:

• Vetorização de Binário por Travagem: exerce travagem nas rodas interiores de modo inteligente, com o objetivo de reduzir a subviragem na aceleração em curva

• Controlo de Travagem em Curva: exerce travagem nas rodas interiores em curva, para manter a rota e aumentar a estabilidade da condução

• Estabilidade em Linha Reta: trava as rodas individualmente nas travagens bruscas (por exemplo, numa travagem de emergência), para evitar que o veículo as oscilações de trajetória

• Assistência ao Arranque em Subidas: ideal para veículos usados essencialmente em condução urbana, onde predominam situações de “para-arranca”.

O Stonic é produzido na Coreia e, como a restante gama Kia, tem 7 anos de garantia ou 150 mil quilómetros.