2017: ano recorde para o renting em Espanha

Em Portugal ainda não foram divulgados os valores mas aqui ao lado, em Espanha, já foi revelado o peso do renting nas vendas totais de veículos em 2017.

As marcas mais procuradas foram a Renault, Volkswagen e Peugeot, adianta a Fleet People.

Por modelos, o mais procurado foi o Seat Leon.

As 246.273 viaturas ligeiras registadas em Espanha em regime de renting (pouco menos do que o total de carros matriculados em Portugal em 2017) mostram um crescimento de 21% em relação a 2016, um novo recorde histórico para o setor, indica a publicação.

Este valor foi fortemente influenciado pela procura por parte de clientes não profissionais (79.945 unidades, 32,5% do total e um aumento de 45% em relação a 2016), indicam os dados estatísticos da consultoria MSI que a Fleet People utilizou para a notícia.

Já as empresas foram responsáveis por 166.328 vendas em 2017, mais 12% em relação a 2016.

O mercado automóvel em Espanha fechou 2017 com mais de 1,2 milhões de novas matriculas.

Renault, Volkswagen, Peugeot e… Leon

Ler: Mercado em Espanha cresce graças a empresas e RaC

A Renault foi a marca mais vendida em renting em Espanha, com 29,608 unidades, mais 3,7% do que em 2016.

A Volkswagen, com 26.277 unidades (mais 6,3%) e a Peugeot, com 20.559 unidades (mais 21,2%), fecharam o pódio.

No que toca a modelos, o Seat Leon foi o carro mais procurado por este canal, com 8.148 unidades (mais 3,8%).

O recém Ibiza, beneficiando de uma forte operação para frotas assinada pelo CaixaRenting (Arval), encerrou 2017 com 7.604 unidades e um aumento de 26,8%.

Seguiu-se o Renault Clio com 7.308 unidades, mais 6,4% em relação a 2016.

O Renault Kangoo teve também uma excelente performance, com cerca de 6.000 registos.

Audi lidera premium em Espanha

A Fleet People analisa também a procura por segmentos e conclui que a Audi foi a mais desejada por este canal em 2017, com 12.401 unidades em renting, 41% acima do fechado em 2016.

Os modelos A4 e Q3 foram também os carros premiou com maior número de registos, seguido do BMW X1.

A BMW foi mesmo a segunda marca nesta classe, ao conseguir 10.179 novas matriculas em renting (mais 6%), enquanto a Mercedes-Benz, com 8.111 unidades, cresceu 18,7%.

A Alfa Romeo foi a marca que mais cresceu na classe de veículos premium, mais 170% com 520 unidades.

Já a Volvo foi quem mais perdeu neste canal, menos 14,5% com 2.562 unidades.

Crescimento da procura de comerciais

Os comerciais ligeiros representam 17,6% do mercado total de locação, com 43.320 registos, um aumento de 28,8%, mostram os dados da consultora MSI, .

Renault Kangoo, Peugeot Partner e Citroën Berlingo estrabelecem o pódio de modelos, enquanto a Renault fecha 2017 como líder de vendas de veículos comerciais com quase 8.400 unidades, logo seguida da Citroën e da Peugeot.

(Visited 124 times, 1 visits today)