Quanto vale a indústria automóvel portuguesa?

  • 5,6% do PIB nacional.
  • 20% das exportações de bens transacionáveis
  • 27% dos empregos gerados na indústria transformadora nos últimos cinco anos.
  • 10.250 milhões de euros de volume de negócios gerados, ou seja, 5,6 por cento do PIB nacional.
  • Só em 2016 foram investidos 670 milhões de euros, mais 34% face aos valores investidos em 2012.

Este é o peso e a importância da indústria automóvel em Portugal, dos construtores de veículos aos fabricantes de peças e acessórios.

O apuramento destes dados e outras conclusões constam de um estudo sobre a indústria automóvel em Portugal realizado pela Mobinov – Associação do Cluster Automóvel em conjunto com a Delloite.

Até 2020, perspectiva-se que o número de veículos produzidos em Portugal cresça mais de 100%, para as 300 mil unidades.

Este crescimento deve-se principalmente ao aumento expectável da produção do modelo T-Roc na Volkswagen Autoeuropa, do K9 na PSA Mangualde, do primeiro camião 100% elétrico Mitsubishi Fuso Trucks e do volume de veículos “verdes” na Caetano Bus.

Isto vai naturalmente potenciar um crescimento sustentado do cluster que envolve fabricantes de componentes, empresas de transformação a acessórios e outros fornecedores.

Outras conclusões do estudo:

  • Até 2020, 92 milhões de veículos serão conectados com sistemas dinâmicos de comunicação móvel
  • Até 2021, 35 milhões de condutores em todo o mundo usarão sistemas de carsharing
  • A impressão 3D permitirá a personalização de veículos sem limitações
  • Em 2035,  perspetiva-se que existam em circulação 21 milhões de veículos autónomos
  • Até 2040, os carros elétricos deverão representar 40% das vendas automóveis mundiais

O estudo foca-se na componente industrial do setor automóvel, que engloba todos os fornecedores e acessórios (desde o vidro ou o têxtil, fibras e cobres até aos pneus, componentes metálicos ou moldes e ferramentas, entre outros) e construtores.

Além da componente industrial, o cluster integra diversas atividades conexas de índole pública, associativa, do sistema nacional de investigação e inovação ou instituições de ensino.

Pode descarregar AQUI todas as conclusões mais importantes do Estudo Mobinov

(Visited 131 times, 1 visits today)