CTT vencem competição internacional de eco condução

1021

Os CTT em representação de Portugal foram os grandes vencedores do Drivers’ Challenge IPC, a competição internacional de eco condução do setor postal, expresso e encomendas promovida de dois em dois anos pelo International Post Corporation (IPC).

Este ano, os CTT foram os anfitriões e coorganizadores desta 5ª edição, que decorreu nos dias 17 e 18 de abril, no Autódromo do Estoril.

Em competição estiveram 11 equipas oriundas de 10 países europeus.

Os CTT, representados por Pedro Madeira e Ricardo Monteiro do Centro de Distribuição Postal de Loures, ficaram na primeira posição, seguidos da bpost MSO Transport (Bélgica) em segundo e pela Posti (Finlândia).

Foram ainda atribuídos os prémios “Espírito Desportivo” ao Le Groupe La Poste (França) e “Eco-eficiência em Viaturas Elétricas” à PostNord (Dinamarca + Suécia).

Com este desempenho, a equipa portuguesa posicionou-se, de entre um universo de mais de 150 mil condutores de operadores postais europeus avaliados no âmbito desta edição, como a mais eficiente na utilização de combustíveis e na redução de emissões de CO2.

Desde 2013 que os CTT participam nesta prova internacional, sendo representados pela equipa campeã selecionada numa competição nacional análoga, o Drivers’ Challenge CTT.

Em 2017 essa iniciativa nacional dos CTT foi galardoada com uma menção honrosa na categoria “Gestão Eficiente de Recursos”, dos Green Project Awards.

A edição deste ano foi a mais concorrida de sempre, tendo, pela primeira vez, havido uma prova exclusivamente para viaturas elétricas.

CTT: ambiente conduz operações da frota

Este evento de eco-condução faz parte do programa de sustentabilidade do IPC e tem como objetivo promover uma condução ecológica e energeticamente mais eficiente, reduzir a sinistralidade rodoviária e aumentar a satisfação do cliente.

A competição pretende sensibilizar os participantes para os comportamentos diários de condução e seus impactos ambientais e reconhecer as melhores equipas.

O enfoque na eco condução é especialmente relevante para o setor postal, pois opera mais de meio milhão de veículos a nível mundial, que contribuem com mais de 40% do total das emissões diretas de CO2 do setor.

Desde 2008, usando estimativas conservadoras, os membros do IPC alcançaram poupanças acumuladas de 1.3 milhões de toneladas de CO2 no transporte próprio, que equivalem a 460 milhões de litros de combustível poupado e a ganhos financeiros de 403 milhões de euros.

Os CTT reafirmam assim o compromisso com a Sustentabilidade, nas suas vertentes ambiental, social e económica e assumem a sua posição de liderança nos dossiers das Alterações Climáticas e da Gestão Carbónica.

Operam a maior frota alternativa a nível nacional, 353 viaturas (10% do total) e registaram, no período indicado, a maior descida de emissões de CO2 do seu setor, a nível mundial (-76%).