Opel Astra apto para a norma Euro 6d-TEMP

195

No seguimento da transição da gama Opel para a norma Euro 6d-TEMP, que vai vigorar apenas a partir de setembro de 2019, a marca anunciou valores para o Astra, um modelo de considerável interesse para as empresas.

Graças à otimização dos sistemas de tratamento de gases de escape, com utilização de catalisador de redução seletiva e filtro de partículas nos motores a gasolina, estes são os valores WLTP convertidos para valores NEDC para comparação.

– Motor 1.6 Turbo D (Turbodiesel):

(5 portas)

  • urbano 5,5-5,3 l/100 km
  • extraurbano 4,1-3,9 l/100 km
  • misto 4,6-4,4 l/100 km
  • 121-116 g/km CO2

Este turbodiesel 1.6 Turbo D do Astra tem 136 cv de potência e 320 Nm de binário. Passa a estar equipado com catalisador de redução seletiva SCR (Selective Catalytic Reduction), um sistema que minimiza as emissões de óxidos de azoto (NOx) graças à injeção de AdBlue nos gases de escape.

Vai existir uma versão menos potente, com 110 cv. Os Astra Diesel Euro 6d-TEMP com SCR ficam a salvo de eventuais futuras limitações à circulação de veículos a gasóleo nos centros urbanos.

– Motor 1.6 Turbo de 200 cv (gasolina):

(5 portas)

  • urbano 8,4-8,4 l/100 km
  • extraurbano 5,4-5,0 l/100 km
  • misto 6,5-6,2 l/100 km
  • 151-144 g/km CO2

(Sports Tourer)

  • urbano 8,4-8,4 l/100 km
  • extraurbano 5,4-4,9 l/100 km
  • misto 6,5-6,2 l/100 km
  • 151-144 g/km CO2

Este motor tem 200 cv e um binário de 300 Nm. Para reduzir ao máximo possível as emissões de partículas, está equipado com um filtro especial de regeneração onde ocorre a oxidação das partículas aí acumuladas.

Os próximos passos da Opel vão ser o lançamento, até 2020, de quatro modelos “eletrificados”, incluindo a nova geração Corsa, que terá uma versão totalmente elétrica.

Em 2024, a Opel será uma marca totalmente “eletrificada”, oferecendo soluções híbridas ou elétricas em todos os modelos de passageiros, a par das versões com motores térmicos.