Prémios Fleet Magazine para “Viatura do Ano”: os carros avaliados por quem os compra e utiliza

567

Os prémios Fleet Magazine para “Viatura do Ano” estão divididos pelos 3 escalões da Tributação Autónoma e têm ainda uma quarta categoria reservada aos comerciais ligeiros.

A razão desta segmentação é muito simples e corresponde à divisão de escalões geralmente seguida pelas empresas que, deste modo, contabilizam mais facilmente todos os custos operacionais da sua utilização, onde a carga fiscal assume uma enorme importância.

Esta fórmula é justificada pelo facto de esta avaliação se dirigir ao mercado profissional das frotas.

Pela mesma razão, não faria qualquer sentido que as viaturas não fossem avaliadas por quem tem a responsabilidade de as seleccionar, adquirir e gerir: os gestores de frota ou os decisores que, dentro das empresas, para o bom funcionamento das empresas, têm de analisar factores tão diversos como a eficiência, fiabilidade do modelo, confiança da marca, bem estar e segurança do utilizador e, claro, o preço.

Este é um mercado exigente e competitivo. Mas é também um mercado que vale cerca de metade das vendas de automóveis novos em Portugal, do qual nenhuma marca se quer afastar e todas querem estar presentes.

Esta não é uma avaliação de design, apesar de ele ser importante para a imagem das empresas; não é uma avaliação de “status”, apesar de certas marcas facilitarem a atribuição das viaturas aos utilizadores; este é um sector onde imperam as tabelas, os excel, onde se antecipam e se avaliam impactos futuros, onde qualquer alteração na fiscalidade pode obrigar a reações rápidas para a sobrevivência do negócio.

É por isso que as viaturas a concurso têm obrigatoriamente de ser avaliadas por quem realmente vai decidir sobre o seu valor e viabilidade na sua empresa. No mercado das frotas que, como todos sabemos, está em profunda mudança, até pela incerteza latente em relação ao diesel.

Daí que seja da competência de um júri constituído por gestores/decisores de frota de empresas a avaliação dos carros a concurso. O gestor indicado pela Fleet Magazine para fazer parte deste júri já é conhecido.

A Fleet Magazine deu às principais gestoras de frota a operar em Portugal a possibilidade de indicarem os restantes, até porque este júri também vai ter de votar o desempenho das gestoras para o prémio “Gestora de Frota”.

A partir de 10 de Junho, as marcas com modelos a concurso vão disponibilizar viaturas para ensaio/avaliação livre de todos elementos do júri que, em Outubro, vai reunir-se para votar cada um dos concorrentes segundo critérios específicos.

Os vencedores de cada uma das categorias serão conhecidos na 7.ª Conferência Gestão de Frotas Expo & Meeting, que volta a reunir-se dia 9 de Novembro no Centro de Congressos do Estoril.

Mais informações e inscrições através da página premiosfleetmagazine.pt ou do email cd@fleetmagazine.pt