dinheiroOs portugueses estão a endividar-se mais do que em 2013 e grande parte do crédito contratado destinou-se à aquisição de bens de transporte.

É o que revela o habitual estudo de crédito ao consumidor divulgado pela ASFAC (Associação de Instituições de Crédito Especializado), que reúne os dados do primeiro semestre de 2014 para concluir que os 634.125 milhões de euros de crédito clássico concedidos representam um aumento de cerca de 20 por cento face ao semestre homólogo de 2013.

No que toca à repartição do crédito clássico por tipo de produto financiado, a esmagadora maioria (praticamente 70 por cento) foi aplicado na compra de meios de transporte. Os particulares lideram nessa utilização, mas as empresas acompanharam o crescimento dos valores concedidos e aplicaram-no maioritariamente na compra de viaturas usadas, tanto ligeiros de passageiros como comerciais.

Mesmo assim é de salientar que, percentualmente, tanto no caso das empresas como de particulares, se regista uma maior apetência para a compra de viaturas novas, em comparação com os valores obtidos no mesmo período do ano passado.

credito