Em outubro de 2017, a venda de carros novos de passageiros na Europa subiu 5,9% e de comerciais ligeiros cresceu 12,7%, em em relação ao mesmo período de 2016.

Neste mês, as matrículas de ligeiros de passageiros totalizaram 1.169.672 unidades.

Mais uma vez com excepção do Reino Unido (menos 12,2%), todos os grandes mercados contribuíram para esse crescimento: Espanha (13,7%), França (13,7%) e Itália (7,1%) e Alemanha (3,9%).

No que concerne aos comerciais, em Outubro foram vendidos 169.448 comerciais ligeiros.

Todos os principais mercados da UE contribuíram positivamente para o crescimento de 12,2%, com excepção do Reino Unido (menos 7,4%).

Os mercados espanhol e alemão representaram o crescimento mais forte (25% e 19,9%, respectivamente), mas o comportamento de França e Itália foi igualmente positivo (19% e 6,1%, respectivamente).

O mercado português em Outubro teve igualmente uma atitude positiva: 6,5% nos passageiros, 22,8% dos comerciais ligeiros.

Com 12.830.216 novos registos desde janeiro, o mercado europeu de passageiros (EU28) está a crescer 3,9% nos primeiros 10 meses do ano.

Entre os cinco maiores mercados, a Itália (8,9%) e Espanha (7,3%) foram os que apresentaram maior ganho percentual, seguido por França (4,8%) e Alemanha (2,3%).

Em sentido contrário, a procura no Reino Unido diminuiu 4,6% nos primeiros 10 meses de 2017.

Descarregue aqui as tabelas de venda de carros novos de passageiros na Europa em Outubro de 2017.

Quanto aos comerciais ligeiros, o valor no mesmo período ascende a 1.647.973 unidades, mais 4,8% que entre janeiro e outubro de 2016.

Espanha (17,2%), França (8,3%) e Alemanha (5,1%) foram os mercados mais fortes entre os principais, o Reino Unido contraiu 3,5%.

Descarregue aqui as tabelas de venda de comerciais ligeiros na Europa em Outubro de 2017.

O comportamento do mercado português em Outubro foi igualmente positivo: 7,8% nos passageiros, 11,7% dos comerciais ligeiros.

 

Sobe e desce das marcas

Na Europa, o grupo Volkswagen continua a liderar as vendas automóveis na Europa e apresenta resultados positivos tanto em outubro (3,5%) como no acumulado do ano (1,4%).

Para os resultados da Volkswagen continuam a contribuir as vendas no Golf e também do Polo, agora em nova geração.

No ranking dos construtores seguem-se o grupo PSA, com um crescimento de 70% (!) em Outubro e de 19,4% nos primeiros dez meses do ano, graças à integração da Opel/Vauxhall.

Mas a segunda marca mais vendida em Outubro e desde janeiro é a Renault e, para esse resultado muito contribuiu o Renault Clio, o terceiro modelo mais vendido na Europa até ao momento.

O Top5 dos grupos construtores está assim estabelecido: Volkswagen, PSA, Renault, FCA e BMW.

Destaque para a excelente performance da Suzuki em outubro que, embora partindo de uma base baixa, cresceu 30% em outubro e 21,5% desde janeiro.

A afundar-se na tabela continua a japonesa Honda, ao contrário da Suzuki que também já ultrapassou a Mazda.

 

No que se refere aos comerciais ligeiros, a Volkswagen volta a liderar nas marcas e nos modelos (Transporter e Caddy), seguindo da Fiat e da Mercedes-Benz.

O Fiat Ducato é o terceiro modelo comercial da Europa.