Parpe com mobilidade por subscrição

989

A Parpe está a entrar em Portugal com ofertas distintas, todas elas relacionadas com mobilidade partilhada.

Fábio Alves é o diretor da empresa e vai mais longe nesta forma de descrever o negócio, dizendo que quer tornar a empresa referência na mobilidade por subscrição.

“Nós estamos a assistir a uma mudança de paradigma relacionado com a utilização de automóveis”, diz o CEO da empresa.

“O sentimento de pertença mudou e os novos consumidores já olham numa perspectiva de preço/serviço e para a duração do contrato”.

O conceito de mobilidade por subscrição tem sido testado por algumas marcas. A Cadillac e a Lincoln já têm em curso alguma experiência nos EUA, onde é possível alugar uma viatura de luxo sem ficar comprometido com o período de utilização.

“Há marcas europeias que já estão atentas a esta mobilidade e nós queremos posicionar-nos como um fornecedor de tecnologia para este tipo de oferta”, diz Fábio Alves.

A oferta da Parpe desenvolve-se por três vectores distintos. Um deles está relacionado com o produto de renting.

A Parpe quer afirmar-se como um broker de renting, colocando-se como a plataforma onde se poderão encontrar as melhores ofertas deste modelo de financiamento.

Esta é uma das faces mais visíveis actualmente da Parpe, que pode ser vista na sua página. As proposta de renting que se podem encontrar são da Leaseplan, mas a empresa prevê ter rendas de outras gestoras disponíveis brevemente.

Produto inovador é o rent&share, apresentado em parceria com a Leaseplan e que permite que se pague o valor da renda de renting com o aluguer da viatura.

A proposta do modelo “rent and share” obriga o utilizador a alugar a viatura através da plataforma da Parpe pelo menos 2 dias/mês para beneficiar de uma renda de 199 euros para um Fiat 500 (12 meses), por exemplo.

Cumprido este mínimo, a Parpe diz que, no caso do utilizador alugar o carro por 8 dias, pode acabar por não ter de pagar nada.

Mas através de um simulador no seu site, é possível calcular o número de dias em que tem de alugar o carro a terceiros para que isso aconteça.

Outro serviço que a Parpe tem vindo a desenvolver tem a ver com rent-a-car e a oferta turística que se está a desenvolver no país. “Imagine que quando faz uma reserva de alojamento, consegue incluir logo uma viatura num só ponto de contacto e com um preço mais vantajoso?”, pergunta Fábio Alves. Para este serviço, a Parpe conta já com uma parceira com duas das maiores rent-a-car do país.

Dado todo o envolvimento tecnológico da empresa, a Parpe tem ainda uma área de soluções tecnológicas relacionadas com aquilo a que chama “automated rental”.

Uma delas que está em calha com um dos maiores importadores nacionais passa por desenvolver uma aplicação que possa dar acesso a qualquer pessoa às viaturas semi-novas, sem intervenção humana.

“Desta forma, os operadores da indústria automóvel vão ter uma oportunidade para oferecer pequenos alugueres para test-drives, por exemplo”, diz Fábio Alves.

“Desta forma, conseguimos um aumento do potencial de utilização desses carros, ao mesmo tempo que torna o processo mais automatizado e, por isso, mais simples”.

CONTACTOS:

Parpe

  • N: Fábio Alves
  • T: 935532239
  • e: fabio.alves@parpe.pt
  • S: www.parpe.pt