A aquisição de veículos lidera o crédito em Portugal

478

Os indicadores da ASFAC para os primeiros 5 meses de 2018 confirmam a importância do sector automóvel para a dinamização do financiamento em Portugal.

Este facto é manifestado no crédito clássico, onde o valor disponibilizado para este produto subiu 19% no passado mês de maio, face ao mesmo mês de 2017.

A aquisição de meios de transporte representa, atualmente, cerca de 69% do crédito clássico concedido pelas entidades associadas na ASFAC.

De facto, foram quase 220 mil milhões de euros de financiamento em maio, destinado à aquisição de veículos novos e usados, maioritariamente a clientes particulares, mas também por muitas pequenas e médias empresas.

A distribuição é feita do seguinte modo:

Como se constata, os ligeiros de passageiros usados continuam a ser os mais financiados, seguidos dos veículos novos a grande distância.

No global, as associadas da ASFAC – Associação de Instituições de Crédito Especializado concederam, em maio, 873 milhões de euros em crédito, mais 10,4% do que no mesmo mês de 2017.

Esta subida foi impulsionada, sobretudo, pelo aumento, de 22%, do crédito clássico concedido a particulares, num total de 301 milhões de euros.

Os indicadores de maio mostram que:

  • O crédito clássico representa 36,5% do financiamento concedido, atingindo os 319 milhões de euros, um crescimento de 21,9%, face ao período homólogo de 2017
  • O crédito stock, foi o que apresentou menor crescimento no mês de maio, um incremento de 1,8% comparativamente com maio de 2017
  • O crédito revolving registou uma subida 11,9% face ao período homólogo.