Ensaio: Kia Sorento 2.2 CRDi ISG 8AT 2WD

469

Neste patamar de carro e de preço, o símbolo estampado na grelha e no volante contam muito.

Trata-se, afinal, de um segmento onde o estatuto é medido pelo historial da marca e da imagem que um nome e um símbolo representam para quem os conduz.

Mais até do que tudo aquilo que o carro oferece e que realmente importa.

Neste último aspeto – naquilo que realmente faz um bom produto – a Kia já não tem muito para provar, apesar de manter a confiança de uma garantia única de 7 anos em toda a gama.

Quanto ao atual Sorento, mais longo, ligeiramente mais largo, mais baixo e mais pesado, tem uma presença que o anterior não tinha.

Isso possibilitou-lhe trepar de escalão e ficar capaz de ombrear, em todos os aspectos essenciais a um automóvel, com os mais categorizados da sua classe.

Habitabidade premium

Atualizado este ano, o Sorento renovou e ampliou os predicados que lhe permitem manter-se como uma das apostas mais seguras da sua classe.

Até porque também é das que oferece melhor relação preço/qualidade/equipamento.

Diferencia-se por pequenas alterações estéticas no exterior, como o redesenho dos pára-choques, da grelha frontal, das jantes de 19 polegadas e das óticas, que passam a receber, de série, a tecnologia full LED.

No interior, há um novo volante e novos comandos do ar condicionado e do sistema de navegação, bem como a possibilidade de carregamento sem fio de smartphones.

E a cabine espaçosa, bem com a excelente capacidade da bagageira, com 605 litros na configuração de 5 lugares, evidenciam bem a evolução em termos de qualidade, conforto e funcionalidade.

Na realidade, há muito de bem estudado e melhor concebido, desde a posição de condução, que permite uma postura descontraída e confortável ao volante, com a visão facilitada pela altura, até ao carácter intuitivo do manuseamento dos comandos, dispostos de modo racional e lógico.

O banco traseiro é suficientemente largo para 3 adultos (pena a configuração do encosto central não ajudar) e mais fácil ficou o acesso aos dois lugares adicionais, graças à deslocação longitudinal da fila central.

Apesar de estes serem de utilização limitada, devido ao reduzido espaço que reservam.

Mas são uma das garantias de que o Sorento obtém a classificação de Classe 1 nas portagens, com o serviço Via Verde.

Impressões

Além da superior qualidade dos revestimentos, sempre em pele e com a costura à vista para o comprovar, bem como de toda a solidez que transpira do conjunto, aquilo que verdadeiramente encanta no Kia Sorento é a sua condução.

Apesar do peso e da volumetria, o Sorento consegue ser ágil, graças ao motor diesel de 2,2 litros, com 200 cv e 441 Nm de binário.

Outra novidade da atual renovação é a transmissão automática de oito velocidades (em vez de seis), a mesma que foi estreada recentemente no topo-de-gama Kia Stinger.

Associada à faculdade de podermos optar por 5 modos de condução pré-selecionados ou, em alternativa, podermos deixar que se ajuste automaticamente ao nosso estilo de condução.

Mas o maior propósito desta escolha, além de ela conferir maior agrado à condução, é a redução de consumos.

A suspensão firme, às vezes seca e capaz de prejudicar o conforto, garante reacções precisas e seguras em estradas mais sinuosas.

Contribui também para reforçar a estabilidade em velocidades mais elevadas, além da robustez da sua composição ser outra das garantias para a tal questão da classificação nas portagens nacionais…

Os preços são simpáticos e, em algumas modalidades de aquisição, a manutenção está incluída.

Ficha de Produto: Preço, rendas, dados de consumo e de motor

  • Preço:
55.182 Euros*
  • Rendas:
1.087,44 €/mês (36m)*

956,80 €/mês (48m)*

  • Consumo médio e emissões:

6,2 l / 100 Km

164 gCO2/km*

  • Dados do Motor:

4 / 2.199 cc

200 / 3.800 cv/rpm

441 / 1.750 ~ 2.750 Nm/rpm

(*) Valores LEASEPLAN. Quilometragem anual contratada: 30.000 – Serviços incluídos: aluguer/iuc/ seguro (franquia 4%)/manutenção/ gestão de frota/ pneus ilimitados/ veículo de substituição – quilometragem técnica máxima: 200.000 kms