2018: Portugal produziu mais carros do que vendeu

167

Em 2018 e pela primeira vez, a produção automóvel em Portugal foi superior ao número de novas matrículas: mais 7,74%.

Foi igualmente o melhor ano de sempre para a produção automóvel no nosso país, em número de unidades, apesar dos constrangimentos que afetaram a indústria este ano.

Nomeadamente o WLTP, que provocou dificuldades ao nível de peças, ou das greves que causaram transtornos tanto no abastecimento de peças e motores, como no escoamento da produção.

Sem surpresa, os maiores volumes de produção e crescimento partiram de Palmela (AutoEuropa) e de Mangualde (PSA), com a chegada de novos modelos.

Em valores absolutos, o número total de viaturas oficialmente produzidas em Portugal totalizou 294.366 unidades, das quais 5.334 são veículos pesados.

Um crescimento de 67,7% face a 2017.

Para comparação, em 2018, o número total de novas matrículas ascendeu a 273.213 unidades, das quais somente 5.617 pertencem à categoria de pesados.

1 – A produção de unidades automóveis em Portugal ficou então assim distribuída:

  • Ligeiros de Passageiros: 234.151 (mais 85,2%);
  • Comerciais Ligeiros: 54.881 (mais 28,2%);
  • Veículos Pesados: 5.334 (menos 15,4%)

(Fonte: ACAP)

2 – Por fábricas, estes foram os valores de produção:

  • AutoEuropa: 220.922 unidades (mais 100,4%);
  • PSA (Mangualde): 63.073 unidades (mais 17,6%);
  • Fuso Trunk Europa (Tramagal): 8.233 unidades (menos 15,4%);
  • Toyota Caetano: 2.114 unidades (mais 10,5%);
  • CaetanoBus: 24 unidades

3 – Por marcas e versões:

  • Volkswagen, 201.334 unidades ligeiras de passageiros (mais 162,8%);
  • SEAT, 19.588 unidades ligeiras de passageiros (menos 41,8%);
  • Peugeot, 6 890 unidades ligeiras de passageiros (menos 33,7%), 24.723 comerciais ligeiros (mais 50,3%);
  • Citroen 6.339 unidades ligeiras de passageiros (mais 9,6%), 25.121 comerciais ligeiros(mais 19,5%);
  • Fuso (Canter): 2.923 comerciais ligeiros (menos 14,7%), 5.310 unidades pesadas (menos 15,7%);
  • Toyota: 2.114 comerciais ligeiros (mais 10,5%);
  • CaetanoBus: 24 unidades (sem produção em 2017).

4 – Distribuição da produção:

  • Exportação: 285.673 unidades (97% da produção);
  • Mercado Interno: 8.693 unidades

Disponibilizamos as tabelas elaboradas pela ACAP com dados mais pormenorizados da produção automóvel em Portugal em 2018.