Gasóleo caiu 14,36%, elétricos subiram 147,26% e gasolina foi quase 41% das vendas de ligeiros de passageiros em 2018

243

Apurados os totais de carros ligeiros de passageiros matriculados novos em 2018 constata-se que Portugal está a seguir a tendência europeia no que se refere à redução da procura de viaturas com motor a gasóleo.

Nos ligeiros de passageiros o número de novas matrículas não chegou a 52%, uma redução de mais de 14% face aos totais finais de 2017.

Já as motorizações alternativas conheceram um crescimento acentuado e, se no que se refere aos motores a GPL e GNV a procura ainda não é muito expressiva, no que se refere aos elétricos as vendas mais do que duplicaram face a 2017.

O volume total de unidades 100% elétricas poderiam mesmo ter chegado aos 2% do total do mercado português de automóveis ligeiros de passageiros, caso algumas marcas não tivessem sentido dificuldades com a menor disponibilidade das respetivas fábricas.

Estes são os gráficos do comportamento do mercado português em 2018 no que se refere a ligeiros de passageiros e distribuição de matriculas consoante o tipo de motorização.

 Comportamento face a 2017 (ligeiros de passageiros)