Com as bicicletas eléctricas JUMP, com sistema dockless, a UBER passou a disponibilizar em Lisboa um sistema de partilha deste tipo de veículos.

Lisboa é a primeira cidade europeia a receber este produto disponível 24 horas/dia.

Com 750 bicicletas JUMP totalmente elétricas e uma cobertura de 90% do município, o sistema “dockless” permite ao utilizador viajar pelo município lisboeta e estacionar a bicicleta no final de cada viagem nas zonas autorizadas para estacionamento de bicicletas, disponíveis na cidade, com a funcionalidade “true-lock”.

A Uber celebra o lançamento das suas e-bikes em Lisboa com a oferta de 10 dias de viagens gratuitas para a experiência deste produto (2 viagens no máximo, até 20 minutos) e distribuirá capacetes gratuitos para promover a segurança entre os utilizadores.

Na capital portuguesa será possível pedir uma viagem, uma refeição e agora uma bicicleta eléctrica tudo através da aplicação da Uber.

Como viajar com uma bicicleta JUMP

Passo 1 – Encontrar uma bicicleta: Abrir a aplicação Uber e selecionar a opção Pedalar. Depois escolha uma bicicleta para desbloquear estacionada nas proximidades.

Passo 2 – Escolher uma bicicleta: Dirija-se à bicicleta selecionada, introduza o PIN de desbloqueio disponível na aplicação e depois remova e guarde o cadeado. Após verificar as condições de segurança dos travões e pressão de pneus, pode começar a viajar.

Passo 3 – Explorar Lisboa: Subir colinas, descer encostas, pedalar pela cidade. O motor dá a ajuda de que os utilizadores precisam enquanto pedalam, eliminando qualquer dificuldade em subir encostas. Recomendamos que viaje nas ciclovias da cidade, utilizando capacete para sua segurança. Depois da viagem, estacione dentro da zona JUMP apresentada no mapa da aplicação. Utilize o sistema de bloqueio para finalizar a viagem.

Incrementar a mobilidade em Lisboa

“Estamos entusiasmados em lançar as bicicletas elétricas JUMP em Lisboa e contribuir para que mais pessoas consigam viajar em alternativa ao carro próprio” afirma o co-fundador e CEO da JUMP Ryan Rzepecki.

“Com a JUMP, queremos oferecer mais opções de mobilidade e reduzir o congestionamento de tráfego em Lisboa.”

A Câmara de Lisboa trabalha em estreita colaboração com cada operador para que a utilização e o estacionamento destes novos modos de transporte respeitem as regras de segurança e o espaço público, de forma a garantir a segurança de todos.

“É com satisfação que o município de Lisboa recebe a Jump e torna-se na primeira cidade europeia a disponibilizar este sistema de bicicleta partilhadas aos seus munícipes. No âmbito da promoção dos transportes sustentáveis e ativos, a autarquia de Lisboa encoraja a prossecução destes serviços de mobilidade partilhada que são, cada vez mais, uma alternativa ao uso do automóvel particular”, refere Miguel Gaspar, Vereador da Mobilidade e Segurança da Câmara Municipal de Lisboa.

“Acreditamos que a Jump pode ser um importante complemento da rede GIRA, gerida pela EMEL, que já faz parte das opções de mobilidade de quem vive e trabalha em Lisboa”.

Durante o lançamento, a empresa irá organizar demonstrações de segurança e oferecer gratuitamente capacetes para sensibilizar os utilizadores a viajarem de forma segura numa bicicleta JUMP.

O que é a JUMP?

Em 2017, a JUMP lançou o primeiro sistema de partilha de bicicletas elétricas dockless nos EUA.

Fundada por Ryan Rzepecki, a JUMP tem definido o futuro da mobilidade partilhada de bicicletas desde 2010, quando criaram a Social Bicycles, o primeiro sistema de partilha de bicicletas dockless e as primeiras bicicletas inteligentes a apresentar tecnologia integrada de GPS, pagamento e bloqueio.

As bicicletas JUMP foram cuidadosamente projetadas pelas suas equipas internas de design e engenharia para oferecer uma viagem conveniente, mas segura, tanto para os utilizadores quanto para os residentes.

As bicicletas têm uma estrutura personalizada e design produzido com componentes de alta qualidade e longa duração.

Principais características da bicicleta

100% Elétrica: todas as bicicletas JUMP oferecem e-assist (assistência eléctrica), o que permite viajar a uma velocidade até 25 km/h. Quando o utilizador pedala, consegue subir as colinas de Lisboa sem esforço.

Bloqueio Integrado: As bicicletas JUMP têm um cadeado incorporado que deve ser obrigatoriamente trancado ao mobiliário urbano (existente ou criado especificamente com esse fim) ou nas zonas dedicadas a esse estacionamento, no final de cada viagem. Com foco na segurança de todos, este sistema evita também comportamentos que possam colocar em causa a utilização responsável e ordenada do espaço público.

Durabilidade: Através de peças personalizadas, e de um cronograma de manutenção exigente, as bicicletas JUMP foram desenhadas para sustentar a rotina urbana.