Seat Leon recebe novo motor a gás natural (GNC) e reforça autonomia

1130

Três depósitos aumentam autonomia GNC para 500 km

As versões do SEAT Leon alimentadas por gás natural comprimido adoptaram o novo motor 1.5 TGI com turbo de geometria variável e sistema start-stop.

Outra novidade é a disponibilidade de três depósitos, dois dos quais fabricados com uma leve e sofisticada tecnologia de fibra de carbono, colocados no fundo da bagageira. O terceiro tanque é em aço reforçado.

Os três depósitos têm uma capacidade total de 17.3 kg, garantindo ao Leon TGI um alcance de 440 km (com base no WLTP), tanto com caixa manual como com DSG, em modo GNC.

Em acréscimo, tem também um depósito de 9 litros de gasolina, que acrescenta uns adicionais 140 km à autonomia.

O Leon TGI Evo apenas recorre à gasolina como combustível alternativo quando os depósitos de GNC ficam vazios.

Esta são, respectivamente as:

Novo motor 1.5 mais eficiente

Com este motor, o Leon TGI passa a debitar 130 CV de potência às 5.000 rpm (mais 20 cv face ao motor 1.4 precedente) e 200 Nm de binário entre as 1.400 rpm e as 4.000 rpm, podendo dispor de caixa manual de seis velocidades ou automática de dupla embraiagem com sete velocidades.

Além do ciclo de combustão Miller para uma maximização da eficiência e de performance, os componentes internos do motor foram redesenhados e desenvolvidos de acordo com as exigências da utilização do GNC:

  • Novos pistons em cromoníquel com segmentos modificados para a utilização de gás
  • Reforço das sedes de válvulas para melhor resistência ao desgaste
  • Válvulas mais elevadas para uma melhor circulação do gás no interior da câmara de combustão.

Características do SEAT Leon TGI Evo

Motor 1.5 TGI Evo
Cilindros/Válvulas 4/16
Capacidade 1498 cc
Diâmetro e curso 74,5 mm/85,9 mm
Taxa de compressão 12,5
Potência Máxima 130 CV
Binário Máximo 200 Nm
Velocidade Máxima 206 km/h (MQ), 206 km/h (DQ)

 

Mais limpo e com uma melhor relação custo/benefício graças à mais elevada eficiência do GNC em relação a outros combustíveis (a energia gerada por 1 kg de GNC é equivalente à de 2 litros de GPL, de 1.3 litros de Diesel ou de 1.5 litros de gasolina), com o Leon TGI Evo a SEAT prossegue a expansão da tecnologia de gás natural comprimido.

Mais características técnicas de ambas as versões:

Em todas as versões de equipamento

Presente nas carroçarias de 5 portas e carrinha (ST), ao contrário da série anterior, a mêanica 1.5 TGI passa a estar disponível em todas as versões de equipamento, incluindo os níveis FR e Xcellence.

Assim, o Leon TGI pode incluir:

  • Cruise Control Adaptativo (ACC)
  • Travagem automática de emergência Front Assist com detetor de peões
  • Assistente de tráfego lento
  • Manutenção de faixa
  • Assistente de Máximos e Reconhecimento de Cansaço;
  • Câmara traseira
  • Carregador de telemóvel sem fios com amplificador de sinal GSM
  • Sistema de infotainment ‘Full Link’ para ligação a telefones via Android Auto ou Apple Car Play
  • Apps como a do assistente pessoal Alexa da Amazon, e reconhecimento de músicas na app Shazam
  • Sistema Navi System Plus, que permite ligar os dispositivos dos passageiros ao sistema de infotainment via WLAN.

O SEAT Leon é fabricado sobre a plataforma MQB-A (Modularer Querbaukasten) e as versões TGI cumprem as mais restritas normas de segurança

Em Portugal, a tecnologia TGI vai estar também disponível no Ibiza e no Arona.

Em Espanha está igualmente disponível no pequeno Mii.

Galeria de Imagens

SEAT Leon ST 1.4 TGI GNC: aposta nas frotas