1.º Trimestre 2019: 51% do mercado automóvel foi gasolina, 29% foi SUV e eléctricos crescem 191%

687

As preferências dos portugueses em relação ao automóvel parecem definitivamente ter mudado: mais de metade dos carros vendidos em Portugal entre Janeiro e Março de 2019 tinham motor a gasolina e praticamente 1 em cada 3 carros matriculados pertencia ao segmento dos SUV.

É um facto que esta é uma categoria suficientemente abrangente para retirar protagonismo tanto ao segmento dos utilitários como aos grandes familiares e mesmo veículos de luxo; de facto, todos descem, com excepção dos utilitários e dos super-luxo que, apesar de representarem mensalmente cerca de uma centenas de unidades, mantêm uma rota positiva.

Destaque para o expressivo crescimento do número de matrículas de veículos eléctricos – 191% no primeiro trimestre, com 2.113 unidades -, não sendo por isso de estranhar encontrarmos o Nissan LEAF entre os 20 modelos mais vendidos durante o primeiro trimestre, com 786 unidades. Uma variação positiva de… 649%!

Esta é a tabela das 20 gamas de viaturas de passageiros mais matriculados no primeiro trimestre de 2019:

  1. Renault Clio
  2. Mercedes-Benz Classe A
  3. Peugeot 208
  4. Renault Captur
  5. Citroen C3
  6. Peugeot 2008
  7. Renault Megane
  8. Fiat 500
  9. Opel Corsa
  10. Peugeot 308
  11. Ford Focus
  12. Fiat Tipo
  13. BMW Serie 1
  14. Nissan Micra
  15. Seat Ibiza
  16. Ford Fiesta
  17. Opel Crossland
  18. Toyota Yaris
  19. Nissan Leaf
  20. Peugeot 3008

No que toca a motores, este foi o comportamento do mercado durante o mesmo período:

  1. Gasolina: 51% de quota de mercado (18,13 de crescimento)
  2. Gasóleo: 40,4% de quota de mercado (menos 30% da procura)
  3. Híbridos (PHEV e HEV): 4,8% de share (mais 14,5% face a período homólogo)
  4. Elétricos (BEV): 3,6% do mercado (crescimento de 191%)

Março 2019: mercado de ligeiros já caiu 5,1% este ano