O comércio de viaturas ligeiras novas em Portugal caiu de novo em Junho:- 4,8%.

Em meio ano, só janeiro apresentou um saldo positivo, pelo que o resultado de Junho vem acentuar a tendência negativa manifestado desde Fevereiro: -4,1%, quando comparado com os primeiros seis meses de 2018.

Estes foram os resultados globais de ligeiros constantes nas tabelas da ACAP:

Junho Janeiro – Junho
2019 2018 % Variação 2019 2018 % Variação
Lig Passageiros 25 305 26 217 -3,5% 128 595 134 561 -4,4%
Lig Mercadorias 3 666 4 212 -13,0% 19 015 19 305 -1,5%
Total de Ligeiros 28 971 30 429 -4,8% 147 610 153 866 -4,1%

 

Facto mais saliente a queda acentuada dos comerciais ligeiros (-13%), sabendo-se que as regras do WLTP passam a vigorar também neste segmento a partir de Setembro deste ano.

Como os construtores automóveis estão a reagir ao WLTP nos comerciais? (parte II)

Top 10 das marcas, matriculas de Junho, ligeiros de passageiros (número de unidades):

1. Renault – 4283

2. Fiat – 2202

3. Peugeot – 2117

4. Citroën – 1690

5. Mercedes-Benz – 1602

6. BMW – 1411

7. Toyota – 1271

8. Nissan – 1198

9. SEAT – 1192

10. Volkswagen – 1083

Em junho a Tesla matriculou 432 unidades, quase tantas quanto a Volvo (444) e mais do que marcas como a Kia, Mitsubishi, Smart, Audi, MINI ou Mazda, citando as que se encontram à sua frente no acumulado dos primeiros seis meses do ano.

Top 10 das marcas, valor acumulado, ligeiros de passageiros (número de unidades):

1. Renault – 18094 (-9,3,7%)

2. Peugeot – 13696 (1,6%)

3. Citroën – 8861 (15,3%)

4. FIAT – 8762 (-4,6%)

5. Mercedes-Benz – 8653 (-3,2%)

6. BMW – 7598 (-3,3%)

7. Opel – 7166 (-9,3%)

8. Seat – 6249 (10,2%)

9. Nissan – 5818 (-28,7%)

10. Volkswagen – 5529 (-27%)

Top 10 das marcas, matriculas de Junho, comerciais ligeiros (número de unidades):

1. Peugeot – 933

2. Renault – 881

3. Fiat – 390

4. Citroën – 387

5. Opel – 201

6. Mercedes-Benz – 169

7. Ford – 136

8. Iveco – 110

9. Toyota – 79

10. Mitsubishi – 79

Top 10 das marcas, valor acumulado, ligeiros de mercadorias (número de unidades):

1. Renault – 4381 (2,9%)

2. Peugeot – 3607 (14,1%)

3. Citroën – 2384 (-23,4%)

4. Fiat 1863 (4,7%)

5. Ford – 1144 -15,1%)

6. Mercedes-Benz – 970 (30,9%)

7. Opel – 820 (-6,8%)

8. Toyota – 699 (-11,9%)

9. Mitsubishi – 630 (6,4%)

10. Iveco 583 (-21,1%)

Neste ficheiro estão as tabelas completas com o número de matriculas de automóveis em Portugal em Junho de 2019 (Fonte ACAP)