As alterações provocadas pelo endurecimento das emissões de NOx e de partículas e ainda o agravamento dos índices de CO2 gerados pelos padrões WLTP geraram a necessidade de efectuar alterações sobre a gama de motores do Nissan X-Trail.

E a Nissan acredita que, com os novos motores e com versões de cinco lugares, o X-Trail possa ter maior visibilidade junto das empresas.

Ainda sem preços definitivos (só chega a Portugal em Outubro), existe vontade de propor uma oferta competitiva para profissionais dentro dos dois primeiros escalões de TA, tanto com o motor a gasolina como com o gasóleo.

Todas as versões 4×2 são Classe 1 com dispositivo Via Verde.

A estrutura de motores é a mesma do Qashqai: 1.3 DIG-T de 160 cv e o novo 1.7 dci de 150 cv. Para já sem electrificação, com caixas manual de seis velocidades ou automática Xtronic de variação contínua para o motor a gasóleo e com uma nova transmissão automática DCT de sete velocidades e dupla embraiagem para o motor a gasolina.

Esta transmissão DCT possui refrigeração elétrica e ativação eletromecânica das engrenagens para melhorar a sua eficiência e oferecer uma mudança imediata de relações de transmissão sem descontinuidades, já que a ausência do conversor de binário gera uma sensação mais direta.

Passa a incorporar o sistema Nissan ProPILOT e disponibiliza finalmente versões só de 5 lugares, cujas especificações são:

Potência (cv) Binário (Nm) Emissões de CO2 WLTP (g/km) Consumos

WLTP (l/100 km)

1.7 dCi Manual

2WD

150 a 3.500 rpm 340 a 1.750 rpm 171-177 6,5-6,8
1.7 dCi Manual

4WD

150 a 3.500 rpm 340 a 1.750 rpm 177-183 6,8-7,0
1.7 dCi Xtronic

2WD

150 a 3.500 rpm 340 a 1.750 rpm 189-202 7,2-7,7
1.7 dCi Xtronic

4WD

150 a

3.750 rpm

340 a 1.750 rpm 197-205 7,5-7,8
1.3 DIG-T DCT

7 velocidades 2WD

160 a

5.500 rpm

270 a

1.800 rpm

184-190 8,1-8,4

Todos estão em conformidade com o padrão de emissões Euro6d-Temp

Tecnologia ProPILOT

É o primeiro passo da Nissan para a mobilidade autónoma.

Também presente na gama Qashqai e LEAF, esta tecnologia incorpora o Assistente de Manutenção na faixa de rodagem, que oferece assistência de direção para ajudar a manter o automóvel no centro da faixa e Cruise Control Inteligente, que contribui para manter uma distância constante e segura para o veículo precedente.

Com transmissão automática, o Nissan ProPILOT também inclui o assistente de trânsito, que adapta a velocidade ao tráfego, mesmo parando e reiniciando a marcha quando necessário.

O Nissan ProPILOT está disponível apenas com o motor diesel de 1.7 litros e é de série no grau Tekna e opção no N-Connecta.

Tração total e capacidade de reboque

O Nissan X-Trail mantém o sistema de transmissão Nissan All-Mode 4×4-i e capacidade de reboque de até 2.000 kg.