A Peugeot anunciou que os novos 508 HYBRID e 508 SW HYBRID cumpriram com sucesso os testes de homologação ao abrigo do novo protocolo WLTP.

A Peugeot reforça assim a sua oferta elétrica com modelos que visam proporcionar uma transição energética tranquila para os seus clientes.

De acordo com a marca, os novos híbridos Plug-in registaram os seguintes resultados nos testes:

  • 508 HYBRID: 29g (até 34g consoante as opções) de emissões de CO2/km (1,3L/100km) e 54 km de autonomia (48 km consoante as opções) em modo 100% elétrico.
  • 508 SW HYBRID: 30g (até 36g consoante as opções) de emissões de CO2/km (1,3L/100km) e 52 km de autonomia (47 km consoante as opções) em modo 100% elétrico.

Os novos 508 HYBRID e 508 SW HYBRID possuem um motor PureTech de 180 cv (132 kW) aliado a um motor elétrico de 110 cv (80 kW), podendo debitar uma potência máxima combinada de 225 cv (165 kW).

As novas motorizações Plug-in HYBRID estão disponíveis com 4 novos modos de condução:

  • ZERO EMISSION, um modo 100% elétrico
  • SPORT, que mobiliza todas as energias do veículo para um modo de condução mais ágil
  • HYBRID que, segundo a marca, prima pela “versatilidade”
  • COMFORT, um modo que combina o modo HYBRID com o conforto de uma suspensão pilotada.

Mobilidade

A bateria tem uma capacidade de 11,8 kWh, assegurando assim um autonomia elétrica de 54km’s WLTP na berlina e de 52km’s na versão SW.

É ainda possível ao seu utilizador recarregar a bateria em menos de 1h45, utilizando uma Wallbox (carregador de 7,4 kW e 32A em opção).

De acordo com a Peugeot, a habitabilidade foi preservada e a capacidade da bagageira é idêntica à das versões com motor de combustão (487L no 508 e 530L no 508 SW).

Custos

Adiantado pela Peugeot em comunicado à imprensa, “os custos de propriedade e de utilização dos 508 HYBRID e 508 SW HYBRID são equivalentes entre um motor BlueHDi 130 EAT8 e uma versão híbrida Plug-in (consoante a fiscalidade nacional)”.

Segundo o construtor francês, e para as empresas, “este custo é calculado com base em 30.000 km/ano, com uma utilização de 65% em modo híbrido e 35% em modo 100% elétrico”.

A Peugeot garante que o 508 HYBRID e o 508 SW HYBRID estarão disponíveis para encomenda nos mercados europeus até ao final do ano.

Os novos 508 HYBRID e 508 SW HYBRID completam a gama de motores híbridos Plug-in, da qual já faziam parte os 3008 HYBRID e 3008 HYBRID4.

Galeria de imagens: