A CRS Advogados lançou o serviço Contesta Multas que apoia os condutores a contestarem as suas multas.

Trata-se de um serviço online disponível para particulares e empresas e destina-se a todo o tipo de condutores.

De acordo com a CRS, ao contestar a multa “não é necessário proceder ao pagamento imediato da coima”.

É possível ao condutor que opte por pagar, fazê-lo a título de depósito, o que significa que, se a contestação for procedente, o valor anteriormente pago é devolvido.

Segundo o que a Fleet Magazine conseguiu apurar, a questão que mais preocupa os condutores não é tanto o pagamento das multas, mas principalmente a perda de pontos da carta de condução.

Atualmente, as multas enviadas para análise estão relacionadas maioritariamente com excesso de velocidade e circulação na faixa Bus, sendo que uso de telemóvel, passagem de vermelho ou álcool surgem logo de seguida.

Como funciona o processo de submissão do Contesta Multas?

  1. Os dados sobre a multa são remetidos por email, telefone ou formulário online.
  2. Esses dados são revistos por um advogado, que validará a contestação e solicitará, se necessário, mais informações. A análise jurídica é gratuita.
  3. Após análise, o condutor recebe uma proposta com o tipo de contestação, honorários e custos processuais, caso existam.

Atualmente, e segundo dados da CRS Advogados, “a taxa de pessoas que adjudicam a contestação ronda os 80%”.