O renting já representa 20,12% do total de matrículas em Espanha. Alcançou-se assim um recorde histórico este ano no país vizinho, que registou um total de 272.216 unidades vendidas no acumulado de janeiro a novembro. Foram mais 6.863 unidades do que em igual período de 2018.

Novembro

Estes são dados avançados pela Fleet People, que diz que no passado mês de novembro foram comercializadas 21.189 unidades neste mercado, o que representou um crescimento de 21,4% relativamente a novembro do ano passado.

Das 21.189 unidades transacionadas, 18.520 dessas unidades correspondem ao renting feito por empresas (aumento de 22,2%) e 2.662 unidades foram matriculadas em nome de empresas de rent-a-car (aumento de 15,8%).

Quanto a marcas, a marca mais comercializada nas empresas foi a Toyota, com 2.080 unidades (aumento de 220%), seguida pela Peugeot, com 1.760 unidades (aumento de 29,4%) e a Volkswagen, com 1.757 unidades.

No que respeita aos modelos mais vendidos em novembro, o Toyota C-HR é o carro mais comercializado, com 1.331 unidades – o que representa um aumento de 770%. Este aumento deve-se ao acordo de renting particular da Toyota com o grupo Caixabank.

Janeiro a novembro

Tendo em conta este período, a Volkswagen lidera o mercado de renting em Espanha, com 22.301 unidades vendidas em modelo de renting, o que representa um crescimento de quase 10%.

A Renault, com 17.788 unidades, e a Peugeot, com 17.404 unidades, completam o pódio.

Modelos mais procurados entre janeiro e novembro de 2019

  1. Nissan Qashqai
  2. Renault Kangoo
  3. Seat León