Barcelona tem, a partir de agora, uma Zona de Baixas Emissões (ZBE) – ali será limitada a circulação de veículos mais poluentes (ligeiros de passageiros a gasolina com matrícula anterior a 2000, ligeiros de passageiros diesel matriculados antes de 2005 e motocicletas ou ciclomotores que tenham sido comprados antes de 2003) nos dias úteis entre as 7:00 e as 20:00, diz o jornal espanhol La Vanguardia.

Os arredores da cidade também estão cobertos pela diretiva municipal, com as localidadades de L’Hospitalet de Llobregat, Esplugues de Llobregat, Cornellà de Llobregat e Sant Adrià de Besòs a serem abrangidas.

Estima-se que esta medida resulte numa redução diária de cerca de 50 mil veículos e de 15% menos gases poluentes na atmosfera da cidade.

Aos veículos autorizados a circular na ZBE será atribuído um dístico identificador.

A Polícia e cerca de 70 câmaras de leitura de matrículas instaladas em pontos específicos e zonas de acesso à ZBE serão responsáveis pela fiscalização; o não-cumprimento das novas indicações do município espanhol pode levar a multas que vão desde os 100 aos 500 euros.

Diz ainda o jornal espanhol que há exceções:

  • É possível a um condutor que não tenha um veículo certificado pelo dístico identificador a requisição de uma autorização especial para circular na cidade durante um dia útil, entre as 7:00 e as 20:00; tal é permitido por um período de 24 horas e limitado a dez dias/ano
  • Veículos de cidadãos com mobilidade reduzida e serviços de emergência (polícia, bombeiros e ambulâncias), ainda que seja necessário que estes solicitem permissão de circulação na Zona de Baixas Emissões junto do Registo Metropolitano de Veículos de Barcelona