Janeiro de 2020 representou uma queda de 8,0% nas matrículas de ligeiros de passageiros novos em Portugal, diz a Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

A ACAP diz que os representantes de marca a operar em Portugal registaram 14.423 ligeiros de passageiros novos em janeiro de 2020, contrariamente aos 15.684 matriculados em janeiro de 2019.

Os números mais baixos de janeiro podem ser explicados com o aumento das matrículas pelas marcas em dezembro passado, para antecipação das novas normas ambientais europeias (CAFE).

Já no mercado dos ligeiros de mercadorias, a queda foi ainda maior (-11%) face ao mesmo mês de 2019. Foram matriculados menos 320 comerciais que no primeiro mês do ano passado.

Marcas

Analisando o comportamento das dez marcas mais vendidas em Portugal, a Peugeot foi a marca mais vendida no primeiro mês deste ano.

Considerando apenas matrículas de ligeiros de passageiros, eis os números que as marcas apresentaram durante janeiro:

  1. Peugeot: uma variação negativa de -10,0%, tendo matriculado 1.605 viaturas contra as 1.784 unidades registadas em janeiro de 2019
  2. Mercedes-Benz: a segunda marca mais vendida em Portugal até agora regista uma variação positiva de 10,3%, tendo matriculado mais 137 unidades que em janeiro de 2019
  3. Renault: com exatamente o mesmo número de viaturas registadas que no ano passado (1.330 unidades), apresenta uma variação de 0%
  4. BMW: O fabricante alemão vendeu 1.073 unidades no mês passado, registando assim uma variação positiva de 12,5%
  5. Citroën: (-21,9%). A marca francesa vendeu menos 249 unidades no primeiro mês deste ano face a janeiro de 2018
  6. Nissan: Uma variação positiva de 26,7%, com 882 unidades matriculadas
  7. SEAT: O mês de janeiro foi positivo para a marca espanhola, com uma variação positiva de 9,3% nas matrículas face a janeiro de 2018
  8. Volkswagen: (-5,5%). A marca alemã vendeu menos no mês passado – 706 unidades
  9. Toyota: (-1,8%). 641 unidades vendidas no mês passado, contrariamente às 653 registadas em janeiro de 2019
  10. Opel: (-39,8%). O mês de janeiro deste ano foi negativo para a marca alemã, com menos 417 unidades matriculadas face a janeiro de 2018

Consulte os dados da ACAP sobre as matrículas de ligeiros durante janeiro de 2020 em Portugal