O Citroën Ami – 100% ëlectric é um ultracompacto elétrico de dois lugares projetado pela marca francesa para responder aos desafios da mobilidade urbana e para ir ao encontro do seu compromisso com a neutralidade carbónica.

Citroën Ami

Não é preciso carta de condução para conduzir o Ami e foi pensado para serviços de carsharing (atualmente está disponível através do serviço Free2Move) ou para alugueres de longa duração, desde 19,99 euros por mês com impostos incluídos (preços para França).

Zero Emissões

Com o crescente surgimento de zonas reservadas a veículos de baixas emissões nos centros das principais cidades europeias, o Ami – 100% ëlectric apresenta-se como um quadriciclo ligeiro, sem embraiagem, com aceleração instantânea desde o arranque e com uma velocidade máxima de 45 km/h.

Com uma bateria de iões de lítio com 5,5 kWh de capacidade, o Ami tem uma autonomia de 70 km.

Citroën Ami

Para uma carga completa – quando ligado a uma tomada convencional de 220 V – são precisas três horas. Mediante a utilização de um cabo adaptado, o Ami – 100% ëlectric também pode ser carregado num posto de carregamento público ou recorrendo a uma Wallbox.

Compacto

É um veículo com um comprimento máximo de 2,41 metros, 1,39 metros de largura e 1,52 metros de altura. Com um diâmetro de viragem de 7 metros, pensado pela marca francesa para os centros urbanos, o Ami – 100% ëlectric perfila-se como um veículo ágil perante os desafios de mobilidade e estacionamento na cidade.

A Citroën diz que o Ami – 100% ëlectric foi pensado como uma alternativa aos transportes públicos e a outros meios de transporte individuais de duas ou três rodas.

Mesmo tratando-se de um compacto, o espaço interior, nomeadamente no que respeita ao posicionamento dos dois bancos, foi pensado para permitir facilidade de movimentos aos dois ocupantes tanto em largura como ao nível dos ombros.

Citroën Ami

O banco do condutor é regulável em comprimento. O do passageiro é fixo.

Opções para conduzir o Ami?

Em França, o Ami estará disponível para ALD de 48 meses, a partir de 19,99 euros por mês, com entrada de 2.644 euros.

Através da Free2Move, também apenas em França, com uma assinatura de 9,90 euros durante um mês, não vinculativa, o Ami pode ser utilizado numa plataforma de carsharing com uma tarifa a partir de 26 cêntimos por minuto.

Com um benefício ambiental de 900 euros, o Ami pode ser adquirido a partir de seis mil euros, incluindo impostos – também apenas em França.