Um olhar sobre o renting, que é também designado como Aluguer Operacional de Viaturas (AOV), e as principais perguntas de potenciais utilizadores. A quem se destina este serviço, quais as reais vantagens e de que forma lidar com a viatura que se tem à disposição?

O que é?

Contrato de aluguer de viatura por um período de 12 a 72 meses e/ou quilometragem variável, pré-determinada. Invariavelmente inclui serviços associados à utilização. Por essa razão, também pode ser designado como Aluguer Operacional de Viaturas (AOV).

A quem se destina e fornece o serviço?

Destinado a empresas, ENI, Administração Pública ou particulares. Proposto por Gestoras de Frota ou marcas automóveis que atuam em nome destas.

Prémios Fleet Magazine: Volkswagen Financial Services é a Gestora de Frota 2019

O que exige?

Implica o pagamento de uma renda mensal calculada em função do tipo de viatura, período do contrato e serviços incluídos. Não requer entrada inicial, mas existem ofertas que consideram um montante para efeitos de abatimento na renda mensal.

Como é calculada a renda?

O cálculo da renda leva em consideração o preço da viatura nova, o valor previsto da mesma no final do contrato e os custos com os serviços incluídos no contrato, incluindo os de acompanhamento do contrato pela Gestora de Frota.

Como se define?

Considerado um Serviço, geralmente não obriga a garantias bancárias. A viatura é propriedade da empresa que fornece o financiamento AOV, pelo que tem de ser devolvida no final do contrato. Porém, principalmente a pensar nos clientes particulares, a empresa gestora de frota – também conhecida como locadora – poderá propor ao cliente a sua aquisição, em consonância com o valor de mercado no final do contrato.

O que inclui além da viatura?

Excetuando as ofertas completas que obrigam à contratação conjunta de viatura e serviços, o cliente pode acrescentar serviços associados à utilização do automóvel. Nomeadamente manutenção, seguros, assistência em viagem, pagamento de impostos, pneus, viatura de substituição…

Quais as exigências mais comuns?

O cliente tem de efetuar todas as manutenções preconizadas pelo fabricante, na marca ou em oficina autorizada, segundo o que estiver acordado.

O cliente deve liquidar IUC, efetuar a inspeção periódica obrigatória da viatura e garantir um seguro do veículo nas condições exigidas pelo contrato, caso este não esteja incluído.

Se tiver pneus ilimitados posso trocar quando quiser?

Não. Salvo situações excecionais e pontuais que exigem autorização prévia (deficiência do pneu ou dano involuntário), a troca de pneus ocorre quando estes atingem a dimensão mínima exigida por lei ou outra pré-acordada, em locais estipulados pela locadora.

Quem paga as multas?

O cliente ou o designado como condutor da viatura é responsável pelo pagamento de todas as infrações cometidas, como multas de trânsito ou por não pagamento de portagens. A nota de infração/liquidação é enviada pela locadora.

O que tudo isto significa?

O cliente é o único responsável pela utilização e conservação da viatura, comprometendo-se a devolvê-la nas condições descritas no contrato.

O que acontece quando o contrato chega ao fim?

O cliente tem de devolver a viatura no local indicado.

No momento da entrega, a viatura é vistoriada por uma entidade independente, que apura o valor dos danos (mossas ou riscos na carroçaria, peças partidas, estofos sujos ou danificados, avarias mecânicas originadas pela má utilização da viatura, etc.).

Se existirem danos na viatura, o que acontece?

Todos os danos que não resultem de um desgaste natural provocado pelo uso consciente da viatura são cobrados ao cliente no final do contrato.

Posso evitar isto?

No início do contrato, o cliente pode optar pelo chamado seguro de recondicionamento da viatura, que cobre o pagamento de danos até um determinado montante. Se ultrapassar esse valor paga o remanescente.

O que acontece se ultrapassar ou não chegar a usar o número de quilómetros?

Depende das condições estabelecidas. Por regra, implica um acréscimo por quilómetro ultrapassado ou uma compensação por quilómetro percorrido. Podem ocorrer situações em que seja mais vantajoso devolver a viatura antes do final do contrato.

Posso aumentar a duração do contrato?

Dependendo das obrigações do contrato inicial, a locadora pode permitir a extensão do contrato. Geralmente, esta situação implica redefinição das condições.

O que acontece se tiver de devolver a viatura antes do final do período contratado?

Depende das condições estabelecidas. Habitualmente existe uma penalização associada, por incumprimento das cláusulas contratuais.

Posso vender o veículo ou transmitir o contrato de aluguer?

Não é possível a alienação da viatura, uma vez que o cliente não é o proprietário. A transmissão do direito de aluguer pode ser feita mediante acordo das partes envolvidas.

Qualquer cedência de usar da viatura a terceiros, além dos limites do contrato, pode originar a sua anulação.