O Opel Grandland X Hybrid de tração dianteira já chegou a Portugal, com preço para empresas abaixo dos 35 mil euros, para efeitos de Tributação Autónoma.

O híbrido plug-in da Opel junta-se assim à gama de ligeiros eletrificados, que conta com o Corsa-e, Vivaro-e (100% elétricos) e Grandland X Hybrid4.

O novo Opel Grandland X Hybrid e vem com duas opções de equipamento: GS Line (PVP 46.725 euros) e Ultimate (PVP 51.125 euros).

Com um motor elétrico de 81 kW (110 cv) e um motor a gasolina 1.6 sobrealimentado de 180 cv, o sistema motriz do Grandland X Hybrid tem uma potência conjunta de 225 cv (165 kW) e um binário máximo de 360 Nm. Os consumos deste PHEV situam-se nos 1,5-1,4 l/100 km e as emissões de CO2 entre os 34 e os 31 g/km (em ciclo WLTP).

Opel Vivaro-e: primeiro VCL 100% elétrico da marca disponível para encomenda a partir do verão

O Grandland X Hybrid oferece, graças à bateria de iões de lítio de 13,2 kWh de capacidade, uma autonomia em modo 100% elétrico até 57 km no ciclo WLTP e pode, diz a Opel, chegar aos 70 quilómetros de condução em circuito urbano.

Quanto a carregamentos, o Grandland X Hybrid vem equipado de série com um carregador de bordo de 3,7 kW, podendo ser instalado, como opção, um carregador de 7,4 kW – utilizando um cabo Mode 3, o Grandland X Hybrid carrega a bateria a 100% em menos de duas horas.

José Barata, Brand Manager da Opel, diz que o novo Grandland X Hybrid 4X2 é “uma referência num segmento tão importante como o dos SUV compactos”.

“A nossa gama oferece agora três soluções que podem ser ensaiadas com toda a proteção e segurança sanitária em toda a rede Opel”, conclui o responsável.

Galeria de imagens