Chega no final de 2021 mas a BMW já começou a revelar as primeiras imagens do iX, o SAV (Sports Activity Vehicle) 100% elétrico focado na numa nova interpretação de design e sustentabilidade da marca alemã.

Segundo a BMW, o iX aproveita as inovações mais recentes nas áreas de eletrificação, condução autónoma e conectividade, tendo como propósito único oferecer uma experiência de mobilidade focada no condutor.

Galeria de imagens

Comparável com o X5 em comprimento e largura, o iX é praticamente da mesma altura do X6 e evoca, devido ao tamanho das rodas, o X7. O design exterior do novo BWW iX é “claro e minimalista”, diz a marca, que reforça que o interior conta com “opções inovadoras” e de “uma nova forma de luxo”.

No interior, o BMW iX beneficia de uma mistura de bancos com encosto de cabeça integrados recentemente desenvolvidos pela marca alemã, além de um teto panorâmico em vidro. A arquitetura da nova cabine do BMW iX elimina o túnel central, o que aumenta a sensação de “espaço aberto”, contribuindo para o espaço extra para ocupantes dianteiros e traseiros, além de aumentar os níveis de espaço para armazenamento.

BMW dá início à produção do SUV 100% elétrico iX3 na fábrica chinesa de Shenyang

Alguns detalhes do habitáculo que merecem o destaque da BMW:

  • BMW Head-Up Display num painel de instrumentos “quase invisível”
  • Volante em formato hexagonal
  • BMW Curved Display, que faz parte do sistema operacional BMW de última geração

É o pioneiro da nova tecnologia do BMW Group e entrará em produção na fábrica da marca em Dingolfing a partir do segundo semestre de 2021. O seu conceito e design foram conectados com uma abordagem abrangente de sustentabilidade, diz a BMW, que trabalhou a aerodinâmica e o design do iX utilizando materiais naturais e reciclados; materiais esses que, segundo a marca, “ajudam a criar uma sensação de luxo e um sentimento de bem-estar durante a condução”.

A tecnologia 5G do BMW eDrive abrange os dois motores elétricos, a tecnologia de carregamento e a bateria de alta tensão. A unidade de potência desenvolvida pela BMW foi fabricada sem a utilização de matérias-primas fundamentais e debitará perto de 370 kW (500 cv). Os consumos anunciados pela marca são – ainda que provisórios – de 21 kWh/100 km no ciclo de testes WLTP. Um conteúdo bruto de energia de mais de 100 kWh permitirá que a bateria forneça uma autonomia de mais de 600 km no ciclo WLTP.

A BMW diz que a nova tecnologia de carregamento do iX permitirá um carregamento rápido até 200 kW, o que significa que a sua bateria poderá ser carregada até 80% da sua capacidade total em menos de 40 minutos. A marca diz que, em dez minutos, a bateria terá energia suficiente para fornecer mais de 120 km de autonomia.

Mobilidade elétrica: grupo BMW assina acordo com fabricante de células de baterias Northvolt

Esta mesma tecnologia 5G é também responsável pelo centro nevrálgico do iX, que terá um poder de computação e processamento de dados 20 vezes superior aos seus antecessores. A tecnologia 5G será capaz de desenvolver instruções de direção e estacionamento aprimoradas, o que poderá significar um aumento de segurança a bordo do iX.