O Ford E-Transit já está a circular nas estradas europeias. A entrada em comercialização do novo furgão elétrico da Ford está prevista para o primeiro trimestre de 2022.

Os clientes selecionados entre os principais operadores de frotas europeus (serviços de correios, serviços municipais e utilitários e empresas de distribuição porta-a-porta) já estão a testar o furgão 100% elétrico da Ford.

Os testes estão a ser feitos pela empresa de eliminação de resíduos AWB, Balfour Beatty, a frota municipal da cidade de Colónia, a DHL Express no Reino Unido, a DPD, os serviços postais noruegueses, a Ocado e a Recover Nordic.

Estão a ser testados dez protótipos em versões que incluem conversões de chassis-cabina com caixa de carga, caixa refrigerada, cabina dupla, plataforma basculante e carroçarias basculantes, com pesos brutos compreendidos entre os 3,5 e os 4,25 toneladas.

Empresas europeias já testam o furgão 100% elétrico Ford E-Transit

Conversões especializadas

O Ford E-Transit foi concebido para poder ser convertido com os mesmos equipamentos e acessórios desenvolvidos para os modelos Transit já em circulação.

Entre os exemplos das conversões feitas nos E-Transit em utilização (com o apoio da rede aprovada pela Frod de Conversores de Veículos Qualificados):

  • Carroçaria com caixa refrigerada para entrada de produtos de mercearia, alimentada por sistema ProPower Onboard de 2,3 kW
  • Carroçaria basculante para sector da construção com feixes de lux e sensores de peso
  • Plataforma basculante com gaiola para remoção de resíduos
  • Carroçaria fechada para serviços de distribuição porta-a-porta com passagem para compartimento de carga e suspensão traseira pneumática
  • Furgão de distribuição com prateleiras internas integradas, passagem para o compartimento de carga e banco dianteiro central

Ford E-Transit

Testes bem sucedidos

O programa de testes que a Ford está a levar a cabo com o E-Transit segue a iniciativa anterior levada a cabo com o Transit Custom Plug-in Hybrid – foram, neste programa de testes, percorridos mais de 240 mil km em cidade.

Dos resultados dos testes com os furgões PHEV, chegou-se à conclusão que era possível aos Transit Custom Plug-in Hybrid operarem em modo zero emissões durante 75% da quilometragem efetuada quando a circularem no centro da cidade de Londres.