O Jogger é o novo modelo familiar off-road de sete lugares do segmento C que vem dar continuidade à renovação da gama Dacia.

A marca, que promete introduzir mais dois novos modelos no mercado até 2025, apresentou recentemente o 100% elétrico Spring e o SUV Duster, também parte de uma nova estratégia de produto.

Dacia SPRING: solução elétrica para empresas? Como?

Com início de encomendas programado para novembro de 2021 e chegada aos concessionários em fevereiro de 2022, o Jogger estará disponível com dois motores: TCe 110 a gasolina (110 cv e 200 Nm de binário) e um TCe 100 ECO-G (GPL, com um depósito de 40 litros para GPL e 50 litros para gasolina, garantindo um consumo combinado de 7,6 l/100 km).

Em 2023 está prevista a chegada de um motor híbrido à gama, com a Dacia a garantir desde já que terá “o híbrido de sete lugares mais acessível do mercado”.

Este conjunto híbrido será composto por um motor a gasolina de 1.6 litros, dois motores elétricos e uma caixa de velocidades multi-modo sem embraiagem.

A Dacia garante que 80% do tempo de circulação em cidade a bordo do Jogger híbrido seja feito em modo 100% elétrico, o que garantirá uma economia de até 40% de combustível (em comparação com um motor a gasolina equivalente a circular nas mesmas condições).

Dacia Jogger ‘Xtreme’

Esta série limitada, com um visual off-road ainda mais pronunciado, estará disponível com barras do tejadilho, espelhos retrovisores, jantes de liga leve e antena barbatana de tubarão revestidos a preto.

Plataforma moderna e reforçada

O Jogger assenta numa plataforma reforçada e protegida contra colisões com uma estrutura rígida.

A estrutura incorpora um compartimento do motor (longarinas e sobrechassis na via inferior) e compartimento do passageiro reforçados.

Além disso, o novo Jogger conta com um conjunto de sistemas de segurança e assistência à condução:

  • Assistência à travagem de emergência
  • Alerta de ângulo morto
  • Assistência ao estacionamento
  • Assistência ao arranque em subida
  • Limitador de velocidade e ESC

Dacia Jogger

Uma identidade espaçosa e dinâmica

O novo Jogger tem o comprimento de uma carrinha, o espaço de um monovolume e o aspeto de um SUV.

É assim que a Dacia define o seu novo automóvel (o seu mais comprido modelo), que possui um comprimento de 4,55 m, uma distância entre eixos de 2,9 m, uma altura de 912 mm e uma porta traseira em formato vertical, garantindo, por isso, um interior mais espaçoso e maior volume de bagageira – botão de comando elétrico da porta da bagageira escondido sob o revestimento traseiro.

Em algumas versões, o Jogger vem equipado com barras modulares ajustáveis no tejadilho.

Por se tratar de um veículo sete lugares, os dois passageiros da terceira fila beneficiam cada um de um assento individual e de um quarto de janela basculante para maior visibilidade.

Mas é na quantidade de configurações possíveis que a Dacia colocou todas as fichas. São mais de 56 configurações possíveis, adaptáveis aos diferentes ocupantes do Jogger.

O espaço traseiro contém um banco de três lugares rebatível (2/3-1/3) na segunda fila e os dois bancos individuais da terceira fila podem ser totalmente removidos.

A capacidade de carga de até 1.819 litros VDA é conseguida na versão de cinco lugares, com a segunda fila de bancos rebatida. Já na versão de sete lugares, a capacidade de carga passa para 1.807 litros VDA, com a segunda fila de bancos rebatida e a terceira fila retirada.

Há ainda a possibilidade de dobrar os bancos da terceira fila contra as costas dos bancos corridos da segunda fila (que também podem ser rebatidos ou recolhidos). Nesta posição, a bagageira ganha uma capacidade total de 1.594 litros.

“O Jogger é (…) um exemplo do compromisso da Dacia em tornar a mobilidade acessível a todos, incluindo famílias numerosas”
– Denis Le Vot, CEO da Dacia

Dacia Jogger