O primeiro Opel Vivaro-e com pilha de combustível a hidrogénio já tem destino.

A Miele, fabricante alemã de eletrodomésticos, é a primeira cliente internacional a operar o novo Opel Vivaro-e HYDROGEN.

O Opel Vivaro-e HYDROGEN baseia-se na versão elétrica Vivaro-e.

Com os depósitos abastecidos de hidrogénio, este comercial zero emissões é capaz de superar os 400 km de autonomia.

Uma das grandes vantagens deste veículo é o facto de precisar de três minutos apenas para reabastecer com hidrogénio.

A bateria de iões de lítio com 10,5 kWh de capacidade que equipa o Vivaro-e HYDROGEN garante potência de pico dinâmica quando necessário em momentos de arranque ou aceleração.

Assim, e graças à utilização da bateria de iões de lítio para estas situações, a pilha de combustível pode operar em condições ótimas de funcionamento.

Esta mesma bateria funciona também em conjunto com o sistema de travagem regenerativa.

A configuração plug-in deste comercial permite ainda ao condutor recarregar a bateria num qualquer posto de carregamento, garantindo 50 km de autonomia elétrica. O Vivaro-e HYDROGEN beneficia de um carregador de bordo trifásico de 11 kW e traz, de série, um cabo de carregamento de modo 2.

Futuro 100% elétrico: Opel a baterias em 2028

Quanto a capacidade de carga, nenhuma foi comprometida. O Vivaro-e HYDROGEN oferece até 6,1 metros cúbicos de volume de carga.

Este Opel elétrico com pilha de combustível a hidrogénio está disponível nos comprimentos M e L (4,95 e 5,30 metros) e tem mil quilos de carga útil máxima.

O Vivaro-e HYDROGEN vem completar a gama elétrica a bateria Opel, da qual fazem parte o Combo-e, o Vivaro-e e o Movano-e.

“O Vivaro-e HYDROGEN satisfaz perfeitamente os requisitos dos operadores de frotas”, diz Marcus Lott, diretor de Desenvolvimento na Opel.

O responsável acrescenta que este comercial a hidrogénio é “a solução ideal” para conduzir longas distâncias com emissões zero, bem como para transportar cargas maiores sem perdas de tempo a reabastecer.

opel hidrogénio

Até 2024, a Opel diz que vai disponibilizar uma versão eletrificada em todas as suas gamas de passageiros e VCL.