A Dacia foi a terceira marca com mais registos na tabela de ligeiros de passageiros no passado mês de Junho.

  
2022
2021
Variação anual
1.ºRenault
1734
3247
-46,6%
2.ºPeugeot
1719
1523
12.,9%
3.ºDacia
1637
486
236,8%
4.ºMercedes-Benz
1057
931
13,5%
5.ºBMW
963
1283
-24,9%
6.ºToyota
845
1195
-29,3%
7.ºHyundai
777
875
-11,2%
8.ºFiat
764
1295
-41%
9.ºVolkswagen
688
1257
-45,3%
10.ºKia
660
558
18,3%

A tabela da ACAP mostra que, em Portugal, a marca romena posicionou-se atrás da Renault, que voltou à liderança do segmento, ficando a menos de 100 unidades da segunda posição ocupada pela Peugeot.

  
2022
2021
Variação anual
Share 2022
Share 2021
1Peugeot
8713
9525
-8.5%
11.5%
11.7%
2Renault
5584
9032
-38.2%
7.4%
11.1%
3Toyota
5434
4567
19%
7.2%
5.6%
4Mercedes-Benz
5239
6612
-20.8%
6.9%
8.1%
5BMW
5078
6322
-19.7%
6.7%
7.8%
6Citroën
4870
5583
-12.8%
6.5%
6.9%
7Dacia
4386
2037
115.3%
5.8%
2.5%
8Hyundai
3976
3558
11.7%
5.3%
4.4%
9Volkswagen
3638
4309
-15.6%
4.8%
5.3%
10Seat
3555
3943
-9.8%
4.7%
4.8%
11Kia
3384
2362
43.3%
4.5%
2.9%
12Nissan
2721
3325
-18.2%
3.6%
4.1%
13Fiat
2589
3297
-21.5%
3.4%
4%
14Opel
2494
3394
-26.5%
3.3%
4.2%
15Volvo
1886
2240
-15.8%
2.5%
2.8%

A marca romena, que faz parte do grupo Renault, ocupa a sétima posição no final do primeiro semestre, crescendo 115,3% face ao mesmo período de 2021.

De referir que, dos 46,79% dos registos da Dacia realizados nos primeiros seis meses de 2022 foram obtidos com modelos dotados de motor a GPL/Gasolina.

Entre as quinze primeiras marcas automóveis, as únicas que apresentam saldo positivo no final deste período são:

  • Toyota, na 3.ª posição e uma quota de mercado de 7,2% (quase o mesmo share da Renault, que ocupa a segunda posição no acumulado do primeiro semestre, embora com menos 38,2% de matrículas face a 2021)
  • Dacia que, ao crescer 115,3%, mais do que duplica a sua quota de mercado
  • Hyundai, na oitava posição, com mais 11,7% de registos face a 2021
  • Kia, na 11.ª posição, com um crescimento de 43,3% e aumento significativo da quota de mercado.

Marcas como a Audi e a Ford estão fora da lista das 15 marcas com mais matrículas de modelos ligeiros de passageiros realizados entre janeiro e final de junho de 2022.

(Fonte: ACAP)

(a seguir): Mais de 20% dos carros novos são elétricos ou híbridos plug-in