A Hyundai já iniciou o transporte de sistemas Fuel Cell para utilização por parte de empresas fora do sector automóvel.

A iniciativa do fabricante sul coreano de automóveis em diversificar o uso dos seus sistemas Fuel Cell (FCEV) é “a chave para a estratégia de mobilidade inteligente”.

Assim, o fabricante passa não só a exportar veículos FCEV como também sistemas Fuel Cell. Uma das beneficiárias desta tecnologia é a empresa suíça de soluções de hidrogénio GRZ Technologies Ltd.

Introduzido pela primeira vez no Santa Fe FCEV, no ano 2000, o sistema Fuel Cell da marca leva duas décadas de experiência, tendo já feito parte de modelos como o ix35 em 2013 e, em 2018, da segunda geração do SUV Fuel Cell NEXO.

A Hyundai e a GRZ Technologies têm vindo a promover cooperação na tecnologia de armazenamento de hidrogénio.

Battery as a Service: Hyundai e SK Innovation querem promover leasing e aluguer de baterias

Utilizando o sistema Fuel Cell (baseado no sistema utilizado no NEXO), a GRZ planeia produzir um sistema de fornecimento de energia fixo para gerar eletricidade em horas de ponta.

Além da GRZ Technologies, a Hyundai enviou também o seu sistema Fuel Cell para uma startup de soluções energéticas que produz geradores elétricos – que por sua vez vai utilizar o sistema da Hyundai para produzir geradores de hidrogénio móveis.

Saehoon Kim, vice-presidente e diretor do Fuel Cell Center da Hyundai Motor Group, diz que os sistemas Fuel Cell da Hyundai “oferecem diversas aplicabilidades e redimensionamentos além de veículos sem emissões”.

“Ao impulsionar o nosso sistema, os nossos parceiros em mobilidade, infraestruturas e energia podem fazer potenciar ainda mais um ecossistema de hidrogénio abrangente”, diz Kim.