No mês de abril a venda de automóveis novos de passageiros na Europa aumentou pelo vigésimo mês consecutivo, totalizando 1.166.482 unidades.

A procura abrandou face a março de 2015 mas é o melhor resultado para o mês de abril desde 2009.

Todos os principais mercados contribuíram para este incremento do volume em abril, especialmente Itália, que registou um crescimento de 24,2%, seguido por Alemanha (+ 6,3%), Reino Unido (+ 5,1%), Espanha (+ 3,2%) e França (+ 2,3%).

Ao longo dos primeiros quatro meses do ano as matrículas de automóveis novos ligeiros de passageiros somaram 8,2% face ao período homólogo de 2014.

Para as 4.695.058 unidades já comercializadas têm contribuído todos os principais mercados, nomeadamente Espanha (+ 23,9%), Itália (+ 16,2%), Reino Unido (+ 6,4%), Alemanha (+ 6,4%) e França (+ 5,6%).

Portugal continua a ser o maior mercado com maior índice percentual de crescimento: +21,9 % em abril e +32,3% desde o início de 2015.

A Grécia foi o país com maior crescimento no quarto mês do ano (+43.3%) e desde Janeiro o mercado já cresceu 13% face ao ano anterior.

 

Grupo VW lidera

 

O conjunto de marcas do grupo alemão já soma 1,203,604 em 2015, detendo quase um quarto do mercado europeu.

É mais do dobro das vendas conseguidas pelo grupo PSA:  515,252 entre Peugeot e Citroen. As posições seguintes são ocupadas pela Renault, Ford, grupos Opel, Fiat e BMW.

Praticamente todas as marcas de renome estão a apresentar índices de crescimento de mercado. A excepção é a japonesa Honda.