sprinter

 

A Mercedes-Benz Vans apresentou algumas novidades no Salão IAA de Hannover para a sua gama de furgões.

 

Sprinter

O comercial ligeiro de maiores dimensões da marca de Estugarda ganha mais uma versão, com um peso total bruto de 5,5 toneladas. Este modelo passa a contar assim com versões desde as 3,0 toneladas até às 5,5 toneladas. A carga útil aumentou para os 3,15 toneladas e o chassis-cabine pode transportar até 3,46 toneladas.

As versões de 3,5 t de peso bruto estão disponíveis com o eixo traseiro com molas de plástico reforçado a fibra de vidro em vez de molas de aço, ganhado-se espaço de carga e diminuindo-se o peso em 12 kg.

Os motores também foram aperfeiçoados, respondendo neste momento às normas Euro 6/VI. Foi integrada a tecnologia SCR e injecção AdBlue. Desta forma, deixa de ser utilizada a designação BlueTEC para os motores diesel – todos eles são agora CDI.

As motorizações mais fracas ganharam também um aumento de potência. A versão de entrada passa a ter 114 cv e 300 Nm de binário, cerca de mais 20% do que tinha até agora. No nível seguinte, aparecem 143 cv  e 330 Nm, mais 10% que nas versões anteriores. São as versões de 163 cv e 360 Nm e o V6 CDI de três litros de cilindrada, com 190 cv e 440 Nm que se mantêm inalterados.

 

Vito

vito

A maior novidade no Vito é a possibilidade de tração traseira, dianteira ou integral. O Vito passa a contar também com tratamento dos gases de escape com tecnologia SCR ou injecção AdBlue e perde, tal como a Sprinter, a designação BlueTEC para passar a CDI. Os valores de potência e binário para toda esta gama mantém-se inalterados.

No interior, o Vito conta agora com um novo banco para o motorista, com apoios de braços rebatível e banco de acompanhante duplo. Para serviços de correio e distribuição logística, o banco do condutor tem um contorno alterado para facilitar a passagem.

 

Citan

citan

O Citan recebe um pack de equipamento para utilizações mais radicais. Trata-se do Visual Offroad, com revestimento cinza-escuro da cava da roda e painéis da soleira, bem como spoilers traseiro e dianteiro na mesma tonalidade. Pode ainda ser fornecido com maior distância ao solo e pneus reforçados no formato 195/65 R15.

A partir de 2017, vai estar também disponível o Citan 111 CDI, opcionalmente com uma transmissão de embraiagem dupla 6G-DCT, que a marca promete combinar a economia de uma caixa mecânica com o conforto de uma automática.