O DS 4 é o quarto modelo da gama DS Automobiles. O novo C-Premium da marca de luxo da Stellantis foi hoje apresentado em três variantes: DS 4, DS 4 Cross e DS 4 Performance Line, numa estreia no nosso mercado prevista para o quarto trimestre de 2021.

Dando continuidade à expansão da DS no nosso mercado – que lançou recentemente dos DS 7 Crossback, DS 3 Crossback e o DS 9 – o DS 4 apresenta-se agora, segundo a marca, como uma proposta que aposta num design “carismático” e “de vanguarda”.

ds 4
DS 4 Cross

Concebido para redefinir as grandes linhas do segmento C-Premium, o DS 4 destina-se a consumidores atraídos pelos novos SUV-Coupé e, ao mesmo tempo, pelas berlinas compactas tradicionais.

O resultado da combinação destes dois conceitos é um DS 4 com uma silhueta inspirada no conceito DS Aero Sport Lounge, marcada pela postura atlética mas ao mesmo tempo compacta.

Conteúdo deste artigo

Detalhes premium

No exterior do novo DS 4, o destaque é dado à fluidez que combina elementos como, por exemplo, os faróis (que contam com o sistema DS Matrix LED Vision com iluminação matricial e direcional) acompanhados por luzes diurnas com postas por duas filas de LED, ou os puxadores de porta embutidos que acompanham as superfícies laterais do carro.

Pormenores que, aliados aos detalhes em cromado e ao tejadilho em preto contrastante, revelam bem o caminho que os designers e engenheiros da DS seguiram na criação deste automóvel.

No interior do DS 4, a ergonomia é uma das palavras-chave encontrada, ou não fosse design sinal de funcionalidade. Uma das novidades é a secção em forma de sabre no tablier que agrupa os controlos do ar condicionado e o DS Air (saídas de ar invisíveis que constituem um sistema de ventilação com ventiladores centrais equipados com aletas invisíveis. O fluxo de ar é separado por um cone que efetua a direccionalidade ideal, tanto para cima como para baixo).

A bordo do cockpit do novo DS 4 o condutor encontra ainda pormenores como os comandos dos vidros alinhados com os ventiladores laterais integrados nas portas ou o conjunto DS Smart Touch, um touchscreen de cinco polegadas com ligação ao DS Iris System e o DS E-Toggle, um comando compacto da caixa de velocidades instalado na consola central.

DS reforça ONLINE STORE e serviços de entrega e recolha de viaturas

Tecnologia e eletrificação

Uma das novidades tecnológicas é a evolução da plataforma modular EMP2, que sofreu alterações específicas para o DS 4. A arquitetura foi desenvolvida para atingir as proporções e o desempenho aerodinâmico desejados.

A nova evolução da plataforma EMP2 permitiu reduzir o peso em componentes estruturais do DS 4, além de que possibilitou a libertação de espaço para outros componentes. Com acesso mãos-livres e abertura e fecho com comando elétrico, o volume da bagageira do novo DS 4 atinge os 430 litros.

Não é apenas no interior que se registam as principais alterações proporcionadas pela nova evolução da plataforma EMP2. A relação carroçaria/rodas permite uma silhueta mais atlética e eficiente, onde se destacam o novo desenho de capô e o rebaixamento do conjunto capô/guarda-lamas. Os bancos traseiros também são alvo deste rebaixamento.

Graças à nova evolução da plataforma EMP2, o DS 4 pode receber a nova geração de motorizações híbridas plug-in da DS Automobiles.

O DS 4 é proposto com uma versão híbrida plug-in com uma potência combinada de 225 cv (motor sobrealimentado de quatro cilindros, com 180 cv ao qual está acoplado um motor elétrico de 110 cv integrado na transmissão automática de oito velocidades EAT8) e mais de 50 km de autonomia em modo 100% elétrico – em ciclo WLTP.

ds 4

Além da versão PHEV, o DS 4 é proposto também em versões a gasolina PureTech de 130, 180 e 225 cv e numa versão turbodiesel BlueHDi de 130 cv – todos com transmissão automática EAT8.

Um DS conectado

Segundo a marca, a prioridade foi oferecer soluções que permitem que o condutor não tenha de desviar o olhar da estrada para operar outras tarefas enquanto conduz.

Daí a criação do DS Extended Head-Up Display, um sistema que recorre a uma tecnologia imersiva que projeta a informação indispensável à condução diretamente na estrada. Oticamente, os grafismos são exibidos quatro metros à frente do pára-brisas.

Assim, o condutor tem acesso a informações como a velocidade, as ajudas à condução, navegação e mensagens de alerta e informações de multimédia.

Também redesenhado especificamente para o DS 4 foi o sistema de informação e entretenimento de dez polegadas – o DS Iris System.

Este sistema utiliza uma ergonomia tipo smartphone com uma interface tátil com base em perfis e ferramentas totalmente personalizáveis.

O DS Iris System pode ser controlado por voz ou por comandos gestuais.

Este sistema é auxiliado por um sistema de controlo gestual – o DS Smart Touch – posicionado na consola central. Este ecrã é pensado para ser utilizado apenas com a ponta dos dedos, bastando fazer um gesto para acionar uma das funções favoritas previamente registadas pelo condutor.

O ecrã do DS Smart Touch também identifica movimentos como zoom-in e zoom-out, além de reconhecer escrita.

Todas as atualizações destes sistemas são feitas via cloud e em tempo real.

David Correia é o novo Brand Manager da DS em Portugal

Galeria de imagens

DS Drive Assist 2.0

Já presente nos modelos DS 3 Crossback, DS 7 Crossback e DS 9, a condução semiautónoma de nível 2 recebe uma atualização no DS 4 – o DS Drive Assist 2.0.

Este sistema vem agora reforçado com novas funções:

  • Ultrapassagem semiautomática
  • Adaptação da velocidade em curva
  • Aviso antecipado da velocidade exibida nos sinais de trânsito

O sistema Cruise Control que equipa o DS 4 adapta a velocidade de acordo com o trânsito, possui a capacidade de parar e voltar a arrancar em situações de maior trânsito e assegura o posicionamento do veículo na faixa de rodagem selecionada pelo condutor.

A juntar a estes sistemas de ajuda à condução, o volante do DS 4 conta com um sensor que deteta se o condutor tem ou não as mãos no volante.

A completar o conjunto de condução semiautónoma, os Radar Corners permitem funções adicionais, como a monitorização do ângulo morto a longa distância (alcance de 75 metros) e o alerta de tráfego traseiro.

Um SUV-Coupé sustentável

O DS 4 apresenta 95% de materiais reutilizáveis e 85% das suas peças são recicláveis. Isto significa que 30% do peso total do novo DS 4 é composto de materiais renováveis ou reciclados, divididos entre metais e polímeros.

ds 4