Não é por acaso que o Austral é considerado um dos melhores carros da Renault nos últimos anos: bem construído, eficiente e dotado de muita tecnologia, personifica uma evolução clara relativamente ao Kadjar

renault austral

O Renault Austral nasceu determinado a conquistar uma das categorias mais concorridas e valiosas a nível europeu: a dos SUV de segmento C, na qual a oferta é cada vez mais vasta e o confronto de propostas abrange desde marcas generalistas (incluindo o novo Nissan Qashqai, com o qual o Austral partilha a plataforma), a modelos de marcas premium. Uma categoria onde coabitam também diferentes soluções mecânicas, incluindo algumas cada vez mais raras opções a gasóleo.

É um segmento dominado pela eletrificação das mecânicas e o Austral não foge à tendência: os únicos motores disponíveis são híbridos, não plug-in, com diferentes apoios da componente elétrica: o mild-hybrid, menos potente (140 cv ou 160 cv), com autonomia elétrica mais limitada e, por isso, consumos médios e emissões mais elevados, e uma solução híbrida bastante convincente e mais eficiente, porque permite rentabilizar melhor a condução em modo elétrico. Precisamente a que equipa o modelo ensaiado.

Com 200 cv, o Renault Austral E-TECH Full Hybrid vive da potência gerada por um compacto motor a gasolina, com turbo, de apenas 1,2 litros, combinada com a força proveniente de duas unidades elétricas alimentadas por uma bateria de 2 kWh.

O que uma bateria tão exígua lhe permite em termos de eficiência? Mais do que parece: em quase 500 km de ensaio em percurso misto, incluindo autoestrada, conseguimos circular mais de metade do tempo em modo elétrico, com um consumo final, estampado no computador de bordo, de 5 litros.

Porém, há uma diferença notória entre a entrada em ação do motor a gasolina ou quando a autonomia da bateria permite a condução em modo elétrico ou a ação conjunta dos dois motores. Não por qualquer dificuldade de andamento, antes pelo ruído que provém do trabalho esforçado, em rotação mais elevada, do pequeno motor de três cilindros.

Com um interior bem conseguido em termos estéticos e práticos, no ecrã central de 12 polegadas desta versão coabitam diferentes sistemas, como os de infoentretenimento, navegação e os comandos de diverso equipamento e sistemas de condução. Felizmente, os comandos mais utilizados durante a condução, do sistema de som aos que controlam a climatização, têm um acesso mais prático através de botões situados abaixo do ecrã central ou no volante. E existe ainda o recurso a comandos por voz, incluindo através de um “HeyGoogle”, uma vez que o software é baseado neste sistema.

No que toca à habitabilidade, o Austral não desaponta. Se é verdade que, à primeira vista, a capacidade da bagageira parece ter sido sacrificada, até porque ela é mais reduzida nas versões com este motor, o deslizamento longitudinal do banco traseiro permite ampliar o espaço de carga, conjugando-se assim as necessidades com o disponível para os passageiros traseiros.

renault austral

Impressões

Ao testarmos a versão esprit Alpine foi possível experimentar também o sistema 4Control. Esta opção permite que as rodas traseiras curvem muito ligeiramente acompanhando o movimento em curva, contribuindo para uma direção mais direta e ágil, menos espaço necessário para manobra e uma condução mais dinâmica, só possível e seguro graças à resposta imediata e precisa da capacidade de amortecimento da suspensão. A tração é sempre dianteira.

O preço desta versão topo de gama talvez não seja a mais atraente para as empresas, mas é provavelmente a mais competitiva em termos de valor. É que, além da imagem, é também a que surge mais equipada com tecnologia habitualmente reservada para marcas premium. Classe 2 nas portagens, exceto se dotado de Via Verde.

Custo de aquisição, valores de renting e características do Renault Austral E-TECH Full Hybrid esprit Alpine

Custo de aquisição45.045 euros
Renda 36 meses951 euros
Renda 48 meses1.003 euros
Motor a Gasóleo1.199 cc, gasolina, 3 cilindros
Potência total200 cv
Motor Elétrico (potência)34 cv (68 kW), 205 Nm
Bateria2 kWh
Consumo4,5 l/100 km
Emissões102 g/km
*Valores LeasePlan. Quilometragem anual contratada: 25.000 km – Serviços incluídos: aluguer/IUC/seguro (franquia 4%)/manutenção/gestão de frota/pneus ilimitados/veículo de substituição

Detalhes do Renault Austral