O Renault Clio E-TECH chega este ano a Portugal. A marca aponta setembro como a data de chegada aos concessionários portugueses.

O Clio continua a ser um dos veículos mais vendidos em Portugal, tendo mesmo sido o ligeiro de passageiros mais vendido em Portugal durante 2019.

Esta versão híbrida permitirá, segundo a marca, “que 80% do tempo nas deslocações urbana seja realizado em modo 100% elétrico”. O Captur também se juntará ao Clio, mas numa versão plug-in hybrid.

Clio E-TECH

O Clio E-TECH tem um motor 1.6 litros a gasolina, com 91 cv de potência e 144 Nm de binário. Este bloco térmico é complementado por dois motores elétricos (um de 36 kW de potência e outro mais compacto – um motor/gerador de alta voltagem – com 14,7 kW de potência acoplado diretamente ao motor térmico). A este conjunto alia-se ainda um pack de baterias de 1,2 kWh de capacidade colocado entre as rodas traseiras.

Assim, o Clio E-TECH tem uma potência combinada de 140 cv e consumos médios na ordem dos 4,5 l/100 km.

Renault apresenta híbridos Clio E-TECH e Captur E-TECH

A caixa de velocidades inteligente multimodo desempenha, também, um papel fundamental na dinâmica e consumos do novo Clio E-TECH.

Como funciona a transmissão inteligente multimodo?

No mesmo compartimento estão alojadas duas transmissões: uma caixa de velocidades de dentes direitos que serve o motor de combustão, enquanto o motor elétrico principal possui duas desmultiplicações, uma para as velocidades mais baixas e outra para velocidades mais altas, apoiando assim o motor de combustão em diferentes velocidades.

O Clio E-TECH arranca em modo elétrico, com a bateria a fornecer energia ao motor elétrico principal, mantendo assim o motor térmico desligado até que seja necessário.

Clio E-TECH

A gestão do sistema deteta se a carga das baterias é suficiente para arrancar, recorrendo, se necessário, à energia armazenada; caso não seja, o motor térmico liga-se automaticamente apenas para fornecer energia às baterias durante o início da marcha, que continua a ser assegurado pelo motor elétrico.

À medida que a velocidade aumenta, o motor/gerador HSG assegura o arranque do motor térmico e sincroniza a caixa de velocidades.

Em modo híbrido paralelo, a bateria vai fornecendo energia ao motor elétrico principal, que une forças ao motor de combustão. A potência é transmitida às rodas e o motor/gerador elétrico vai alternando as quatro relações da caixa de velocidades mecânica.

Clio E-TECH