O Grupo Renault assinou um acordo com a Iberdrola que visa a promoção de projetos que reduzam as emissões de CO2 no consumo de energia nas fábricas de Cacia e em Espanha.

Nos termos da parceria estratégica, a Iberdrola vai fornecer energia “verde” à Renault a longo prazo. Fica assim estabelecido o plano de descarbonização das fábricas da Renault ao longo dos próximos três anos.

Esta parceria permitirá ao grupo francês trabalhar no sentido de atingir o objetivo da Pegada de Carbono Zero assumido no recente plano estratégico Renaulution.

renault iberdrola

No âmbito desta parceria, a Iberdrola torna-se o fornecedor de energia renovável da Renault. Fica também assinado um acordo a longo prazo para o fornecimento de 100% da energia consumida pelo grupo francês em Espanha.

Serão ainda desenvolvidos projetos conjuntos em iniciativas como a eletrificação do calor através de processos térmicos, a análise com recurso a Big Data (megadados) da introdução de uma maior eficiência na gestão e energia da fábrica, a implementação de projetos de energias renováveis (painéis fotovoltaicos e geradores eólicos nas fábricas e instalações) e a reutilização de baterias provenientes de carros elétricos para armazenamento e uso de energia na rede de abastecimento da marca automóvel.

https://fleetmagazine.pt/2020/12/02/renault-cacia-nova-caixa-de-velocidades/

No âmbito desta parceria está prevista ainda a análise e a conceção de soluções de mobilidade e carregamento elétrico – quer para uso interno a frota das próprias fábricas como para carregamentos associados (funcionários, outras empresas e consumidores finais).

No que respeita à rede de carregamento associada, estas soluções serão integradas e propostas como parte do projeto ZE READY TO CHARGE desenvolvido pelo grupo Renault.

“No grupo Renault acreditamso convictamente nas nossas responsabilidades para com o ambiente e é por isso que um dos nossos objetivos é alcançar uma Pegada de Carbono Zero nas nossas fábricas”, diz José Vicente de los Mozos, diretor Industrial do Grupo Renault e Presidente e CEO da Renault Iberia.

É nesse sentido que a marca francesa tem vindo a estabelecer acordos com empresas como a Iberdrola, que levará à redução de emissões de CO2 nas fábricas.

Já Ignacio Galán, Chairman da Iberdrola, diz que este acordo “demonstra bem o compromisso de ambas as empresas para com a descarbonização”.

O responsável refere que a Iberdrola partilha da mesma visão e objetivos da Renault. “Hoje combinamos esforços não só para reduzirmos as emissões dos automóveis ao longo do seu ciclo de vida, mas também as geradas ao longo do processo de fabrico”, diz Galán.

“Esta será a primeira fábrica automóvel neutra em carbono, com um fornecimento de energias renováveis, eletrificação do aquecimento, recurso a um segundo ciclo de vida de baterias e a possibilidade de recorrer a outras tecnologias, como o hidrogénio ‘verde’”, acrescenta o responsável da Iberdrola.