Tiago Elias é o novo Country Manager da TRACKiT em Portugal. Ao mesmo tempo, Tiago Elias manterá funções como Country Manager da Targa Telematics no nosso país.

Tiago Elias tem mais de 25 anos de experiência nos mais variados sectores de atividade. Trabalhou, entre outras, em empresas como a ID Logistics, Dachser, Farmavenix, Vitacress e Avis.

Em 2020, altura em que a Targa Telematics chegou a Portugal, Tiago Elias assumiu a direção de operações da empresa no nosso país.

Licenciado em Gestão de Empresas pela Universidade Lusíada de Lisboa e com uma pós-graduação em Marketing pela Universidade Independente, Elias é também professor convidado da Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Setúbal.

O Country Manager da TRACKiT e da Targa Telematics em Portugal terá agora a [dupla] responsabilidade de impulsionar, desenvolver e implementar as soluções e tecnologias nos campos da telemática, mobilidade inteligente e plataformas IoT (Internet of Things) das duas empresas.

Targa Telematics lança solução de cálculo de portagens em tempo real

“Estou muito satisfeito por assumir esta nova responsabilidade e por integrar a equipa de direção de um grupo que tem um propósito, que é inovador e que aposta no crescimento contínuo”, começa por referir Tiago Elias.

Acrescenta ainda que o objetivo principal é aproveitar e potenciar sinergias entre as duas empresas e tornar a Targa Telematics no líder europeu de soluções telemáticas de tecnologia de vanguarda.

Já Nicola de Mattia, CEO da Targa Telematics, diz estar convicto de que a experiência, visão e conhecimento de Tiago Elias sobre o sector o tornam na pessoa certa para liderar a nova fase de crescimento e desenvolvimento de ambas as empresas em Portugal. E acrescenta que já há objetivos traçados: “tornar a Targa Telematics líder europeia em soluções de mobilidade inteligente”.

A TRACKiT é uma empresa do Viasat Group – adquirido pela Targa Telematics Spa em maio passado. A aquisição deste grupo veio reforçar a presença da Targa Telematics em mercados como o italiano (de onde é originária) e em mercados emergentes, como é o caso de Portugal, Espanha, França e Reino Unido.