As vendas de carros novos na União Europeia recuaram 14% no primeiro semestre de 2022. Quando comparado com os valores registados no mesmo período de 2021, isto traduz-se em menos 753.166 matrículas, o que dá uma média mensal superior a 125 mil carros que não foram comercializados.

Em junho de 2022, a queda do mercado foi percentualmente superior – menos 15,4% – devido ao agravamento de abastecimento de componentes que permitem concluir a produção de um maior número de veículos.

Com 886.510 registos, a ACEA refere que é o mês de junho com menos matrículas desde 1996. Entre os grandes mercados, a Alemanha registrou a queda mais forte (-18,1%), seguida pela Itália (-15,0%), França (-14,2%) e Espanha (-7,8%).

Este foi o comportamento do mercado automóvel de Portugal e de países com mais de 150 mil unidades registadas nos primeiros seis meses de 2022:

 JUNHOJANEIRO A JUNHO
2022202122/212022202122/21
Bélgica34.81441.126-15,3%195.387232.391-15,9%
França171.087199.508-14,2%771.980922.765-16,3%
Alemanha224.558274.152-18,1%1.237.9751.390.889-11%
Itália127.209149.670-15%684.228885.090-22,7%
Holanda30.01232.937-8,9%153.708162.762-5,6%
Polónia39.58543.249-8,5%212.405242.123-12,3%
Portugal15.51018.936-18,1%75.44981.445-7,4%
Espanha89.25296.784-7,8%407.757456.832-10,7%
UNIÃO EUROPEIA88.65101.047.532-15,4%4.608.2055.361.371-14%
Reino Unido140.958186.128-24,3%802.079909.973-11,9%

Em 2022 estão a matricular-se menos 10 mil carros novos por mês face a 2019

Construtores automóveis: só grupo Hyundai e Honda crescem

Apenas o grupo Hyundai e a Honda apresentam ganhos de mercado no primeiro semestre. No caso do construtor coreano mais 36.635 unidades, no caso da Honda com mais 3.468 matrículas.

Este é o quadro dos construtores:

 JANEIRO A JUNHO
UnidadesUnidadesVariação
2022202122/21
Volkswagen Group1.1372001.394.711-18,5%
Stellantis958.6881.237.010-22,5%
Renault Group487.692530.699-8,1%
Hyundai Group441.471404.8369%
Toyota Group330.568335.862-1.6%
BMW Group312.117361.693-13,7%
Mercedes267.777293.551-8,8%
Ford193.0382244.82-14%
Volvo92.445127.261-27,4%
Nissan82.49796.251-14,3%
Mazda50.56762.674-19,3%
Jaguar Land Rover Group29.06241.549-30,1%
Mitsubishi28.32630.203-6,2%
Honda22.53319.06518,2%

Com excepção dos já mencionados, todos os restantes registam quebras, sendo que a mais significativa, em termos numéricos, foi a do grupo Stellantis:

  • Stellantis: menos 278.322 unidades;
  • Grupo Volkswagen: menos 257.511 unidades
  • Grupo BMW: menos 49.576 unidades

Em Portugal, a Dacia foi a terceira marca com mais matrículas em Junho de 2022

Ranking das marcas automóveis na União Europeia

Apenas 16 marcas conseguiram realizar mais de 100 mil registos na União Europeia durante o primeiro semestre de 2022.

Desse grupo, somente Kia (14,3%), Hyundai (3,9%) e Dacia (16%) apresentaram resultado positivo.

  JANEIRO A JUNHO
UnidadesUnidadesVariação
2022202122/21
1.ºVolkswagen488.468629.358-22,4%
2.ºToyota317.979319.295-0,4%
3.ºPeugeot295.342380.557-22,4%
4.ºRenault275.199347.690-20,9%
5.ºMercedes-Benz256.081276.436-7,4%
6.ºBMW253.475293.451-13,6%
7.ºAudi230.744263.254-12,4%
8.ºKia228.842200.16914,3%
9.ºSkoda224.533297.906-24,6%
10.ºHyundai212.629204.6673,9%
11.ºDacia210.526181.53216%
12.ºFiat194.133266.533-27,2%
13.ºFord193.038224.482-14%
14.ºCitroen179.323242.152-26%
15.ºOpel/Vauxhall177.129217.649-18,6%
16.ºSeat160.585173.842-7,6%

Fonte: ACEA

Falta de viaturas afeta rent-a-car e reduz 18% das compras no primeiro semestre de 2022