Chama-se Nivus no Brasil, onde nasceu, mas foi batizado Taigo ao chegar à Europa mais requintado e com um posicionamento superior.

Recebeu o nome Taigo porque todos os SUV do grupo recebem a letra T. Mas a própria VW não o classifica como um SUV; antes um CUV, com o C a justificar-se pelo Carácter, pela dinâmica geralmente associada à silhueta de um Coupé e porque tudo resulta num estilo de carroçaria denominada Crossover.

Como aconteceu com o Arkana, nascido na Rússia sobre a plataforma do Clio/Cactus, o Volkswagen Taigo foi aprimorado esteticamente ao gosto europeu, melhorado na qualidade de condução e dotado de equipamento de topo.

Posiciona-se num patamar acima do Polo e do T-Cross, com quem partilha a versão AO da plataforma MQB e a gama de motores a gasolina.

O preço de entrada de 23.500 euros da versão Life ajusta-se bem à atividade do Rent-a-Car e serve para fins promocionais porque, a própria marca o admite, as versões mais procuradas serão as de topo:  Style e R-Line.

A gama composta exclusivamente por motores a gasolina 1.0 e 1.5 (esta disponível apenas com caixa DGT) apresenta a seguinte tabela de preços:

Gama e preços do novo Volkswagen Taigo

volkswagen taigo

Taigo só a gasolina

Os motores 1.0 TSI com três cilindros apresentam potências de 95 cv e 110 cv, enquanto o 1.5 com quatro cilindros reivindica 150 cv.

Como se percebe pela tabela de preços do VW Taigo, a versão 1.0 TSI com 110 cv pode ser equipada com caixa manual de cinco ou seis velocidades ou com a caixa automática de dupla embraiagem DSG com sete velocidades, enquanto a versão 1.5 TSI dispõe apenas deste tipo de transmissão.

Com jantes de 16, 17 ou 18 polegadas, as diferentes versões do Taigo apresentam emissões CO2 compreendidas entre 108 e 114 g/km (1.0 TSI) e 116 e 117 g/km (1.5 TSI), consoante a dimensão de pneu e nível de equipamento.

No final encontra-se uma tabela mais detalhada com as características técnicas do Volkswagen Taigo.

Volkswagen Caddy 2.0 TDI é “Carro Comercial de Empresa” nos Prémios Fleet Magazine 2021

A bordo do Volkswagen Taigo

É proposto em quatro linhas de equipamento: Taigo, Life, Style e R-Line.

O interior aposta na qualidade suave dos revestimentos e, sobretudo, na digitalização e conectividade; a visão do tablier revela isso mesmo, ao contar de série com Cockpit digital, em opção com uma versão mais evoluída designada Digital Cockpit Pro, com ecrã de 10,25 polegadas.

Os ecrãs do painel de instrumentos e o central, do infotainment, de 8 ou 9,2 polegadas, formam uma só unidade e, todos os módulos principais, com exceção do ar condicionado, surgem integrados na parte superior do tablier.

Graças a uma distância entre eixos de 2566 mm, o espaço traseiro é aceitável para fins mais familiares, e apenas a colocação de uma cadeira de criança ou o acesso a esta pode ser algo dificultado pelo ângulo de abertura da porta traseira,

Já a inclinação traseira do VW Taigo permite uma bagageira com uns impressionantes 438 litros de capacidade (com pneu suplente incluído).

A título de comparação, o T-Cross, com assento traseiro deslizante, oferece entre 385 a 455 litros de capacidade de mala.

volkswagen taigo

Existem quatro sistemas distintos de infotainment:

  • Composition, com ecrã de 6,5 polegadas (de série nos níveis de equipamento Taigo)
  • Ready2Discover, com ecrã de 8 polegadas (de série nos níveis Life, Style e R-Line)
  • Discover Media com ecrã de 8 polegadas
  • Discover Pro com ecrã de 9,2 polegadas

O Composition pertence ao sistema modular de infotainment de segunda geração (MIB2), ao passo que os restantes dispositivos fazem parte da terceira geração (MIB3), oferecendo os requisitos para navegação em tempo real, permitindo a utilização de mapas através da rede sem fios.

É também possível receber avisos de incidentes de tráfego no percurso mais provável, mesmo sem estar ativada qualquer rota de navegação.

E, nos sistemas MIB3, graças à conectividade online com cartão eSIM integrado, o utilizador tem acesso aos serviços online We Connect e We Connect Plus.

Além de poderem personalizar um vasto leque de ajustes, os utilizadores têm acesso a aplicações que podem ser integradas através da rede sem fios com a App-Connect Wireless (de série nos níveis Style e R-Line) para Apple CarPlay e Android Auto.

Facilitadores de condução

Integrados no Taigo estão equipamentos como os faróis LED e o Digital Cockpit, por exemplo.

Como opcional, um dos grandes destaques no Taigo é o IQ.DRIVE Travel Assist, que auxilia na condução.

Com esta opção, o sistema preditivo ACC (Cruise Control Adaptativo com referência aos limites de velocidade e às informações da estrada através do sistema de navegação) e o Lane Assist trabalham em conjunto para garantir um nível de condução semiautónoma a velocidades até 210 km/h.

Acrescem ainda os seguintes sistemas de auxílio à condução:

  • Side Assist Plus
  • Rear Traffic Alert
  • Sistema de vigilância Front Assist
  • Sistema de travagem de emergência em cidade
  • Sistema de deteção de cansaço
  • Sistema automático de travagem pós-colisão
  • Proteção proactiva dos ocupantes
  • Sistema de assistência ao estacionamento
  • Sistema de controlo de pressão dos pneus

Características técnicas do Volkswagen Taigo

taigo