O novo Volvo XC40 Recharge já circula nas estradas nacionais.

Já disponível com um preço para empresas a partir de 46.850 euros + IVA e com opção de renting por 800 euros/mês para a versão standard Twin Plus e por 850 euros/mês para a versão Twin Pro, o XC40 Recharge apresenta-se como o primeiro 100% elétrico da Volvo, com a tarefa de marcar o início de uma transição energética já assumida pela marca sueca.

O XC40 Recharge, que a Fleet Magazine já teve oportunidade de conduzir entre Lisboa e Cascais, exibe argumentos mecânicos de um verdadeiro desportivo com motor térmico: 408 cv de potência e 4,9 segundos para alcançar os 100 km/h.

Mas é no campo elétrico que o XC40 Recharge se destaca. A bateria de iões de lítio de 75 kWh de capacidade garante 418 km de autonomia em ciclo WLTP e pode, em condições ideais, ser carregada em apenas 40 minutos, num posto de carregamento de 150 kW. Já num posto de carregamento de 11 kW, o tempo de carga aumenta para oito horas.

A colocação do conjunto de baterias, no solo da viatura, permite baixar o centro de gravidade para, por exemplo, garantir uma melhor proteção em relação a capotamentos.

E porque proteção é palavra de ordem no universo Volvo, a marca desenvolveu uma safety cage, integrada na estrutura do automóvel, que ajuda a manter os passageiros seguros e as baterias intactas em caso de colisão.

Quanto a equipamento, no capítulo da segurança, o XC40 Recharge apresenta, de série:

  • Slippery Road Alert
  • Lane Keeping Aid
  • City Safety
  • Blind Spot Information System
  • Hill Start Assist
  • Hill Descent Control

Já no que respeita à conectividade, o Volvo XC40 100% elétrico possui Google Assistant, Display touchscreen de nove polegadas, carregamento de smartphone por indução e Volvo On Call.

Volvo XC40 Recharge: um elétrico revolucionário