Chega em 2021 ao mercado europeu, mas a Toyota revelou hoje o Yaris Cross, o segundo modelo assente na plataforma TNGA (Toyota New Global Architecture) na vertente GA-B da marca para os seus modelos compactos.

Segundo a Toyota, o Yaris Cross foi pensado e desenhado para a Europa e para ir ao encontro das preferências dessa região pelo mercado dos B-SUV.

Beneficia de um design compacto, porém com características de SUV (adquirida pela marca com a experiência de 25 anos que tem com o RAV4 e com o mais recente híbrido C-HR).

O sistema híbrido de quarta geração do Yaris Cross, o mesmo do novo Yaris, disponibiliza uma potência máxima de 116 cv (85 kW) e está associado a um motor elétrico de 59 kW e uma bateria de iões de lítio.

Sacyr Somague equipa frota com cinco Toyota Yaris Hybrid

O bloco de três cilindros 1.5 a gasolina de ciclo Atkinson, foi pensado para reduzir a fricção e otimizar a velocidade de combustão. A marca focou-se ainda na eficiência ambiental, anunciando, em ciclo NEDC, emissões de CO2 de 90 g/km na versão de tração dianteira e 100 g/km na versão AWD-i (tração integral inteligente).

Yaris Cross

Este sistema de tração integral inteligente providencia estabilidade e tração extras em pisos de fraca aderência. Visto tratar-se de um sistema elétrico, é mais compacto e leve do que sistemas de tração integral mecânicos, ajudando assim na redução das emissões de CO2 do Yaris Cross.

Pensado para a cidade

É assim que a Toyota vê o Yaris Cross – “um autêntico SUV a uma escala menor”. A posição de condução elevada, a praticabilidade e o espaço interior de um carro com dimensões compactas adaptado a uma utilização urbana, não descurando a filosofia de praticabilidade e disponibilidade inerente aos SUV.

O Yaris Cross possui características como a abertura elétrica da porta traseira “mãos-livres”, recorrendo a um sensor colocado por baixo do para-choques traseiro, e a possibilidade de rebater os bancos traseiros para aumentar a capacidade de carga (40:20:40).

A Toyota espera que o Yaris Cross passe a representar, a partir de 2021, um terço das vendas da marca na Europa. Para este modelo, a marca prevê um volume anual de vendas na ordem das 150 mil unidades.

O vídeo do novo Yaris Cross